Smart TV da Honor é o primeiro aparelho a vir com o Harmony OS da Huawei

49
Smart TV da Honor é o primeiro aparelho a vir com o Harmony OS da Huawei
4.7 (93.33%) 3 voto[s]

Nessa última semana, a chinesa Huawei revelou seu novo sistema operacional, o Harmony OS. Agora, temos a revelação do primeiro aparelho rodando o novo sistema: um televisor inteligente. O anúncio foi feito pela Honor, subsidiária da Huawei, que instalou o Hamrony OS no “Honor Vision”, nome de batismo do aparelho. O objetivo é que o conjunto seja uma espécie de centralizador de funções para vários dispositivos com capacidade de Internet das Coisas.

Baseado nas informações divulgadas, o Honor Vision terá duas versões, ambas capazes de reproduzir conteúdo em 4K e 55 polegadas de tamanho. As diferenças residem apenas no armazenamento e preço: a versão Pro conta com 32 GB de espaço e custará US$ 680 (quase R$ 2,7 mil), enquanto o modelo mais básico conta com 16 GB e preço de US$ 142 (quase R$ 560).

O Honor Vision é o primeiro aparelho no mundo a vir com o sistema operacional Harmony OS embarcado (Imagem: Divulgação/Honor/Huawei)

Os dois modelos trazem chipsets criados pela HiSilicon, outra empresa subsidiária da Huawei. Segundo o presidente da Honor, George Zhao, usuários poderão sincronizar funções do smartphone com a smart TV, realizando ações como espelhamento de digitação do celular no televisor, além de projetar arquivos e apresentações. Adicionando ao aspecto multimídia, o Honor Vision também virá equipado com uma câmera pop-up de resolução Full HD (1080p), para conferências e chamadas em vídeo. A câmera em si traz capacidades de inteligência artificial, com recursos como reconhecimento facial, rastreio de posição e até mesmo detecção de postura.

A ideia, segundo a Honor, é de que o Honor Vision não seja apenas usado como um televisor comum, mas sim como uma estação de interatividade e mídia completa, conectando-se a todos os aparelhos inteligentes disponíveis — não apenas smartphones e tablets, mas também computadores pessoais, assistentes virtuais e alto-falantes.

Continuar Lendo

O Honor Vision, pela apresentação, é o primeiro dispositivo no mundo a rodar o HarmonyOS, que a Huawei já vinha desenvolvendo desde meados de 2012, em antecipação à possibilidade de a empresa se ver sem permissão para usar o Android, da Google.

Depois que o presidente Donald Trump emitiu em maio de 2019 ordem executiva que, efetivamente, impedia que empresas estatais e privadas dos EUA fizessem qualquer negócio ou mantivessem qualquer relação comercial com a gigante chinesa, ela aumentou seus esforços de desenvolvimento para lançar o sistema operacional. Com ele, a Huawei assegura a continuidade de seus produtos com um sistema operacional próprio e, a julgar pelas informações do Honor Vision, com alta capacidade de interação entre diversos aparelhos.

Agora, se isso vai funcionar de fato, só mesmo testando a nova smart TV: a Honor já abriu as pré-vendas do Honor Vision e o aparelho deve chegar às prateleiras chinesas em 15 de agosto de 2019, mas ainda não há informação de que ele vá aparecer fora do terra natal da Huawei.

Fonte: Canaltech