33.2 C
Brasil
sábado, 19 junho 2021
HomeCriptomoedas"Bitcoin é dinheiro de tráfico": o novo mito sobre a criptomoeda

“Bitcoin é dinheiro de tráfico”: o novo mito sobre a criptomoeda

Na internet é muito comum encontrar pessoas com várias suposições sobre o que seria o Bitcoin e se valeria a pena, ou não, investir sobre ele. Pelo fato dele não ser rastreável, muita gente acredita que ele não passa de “dinheiro do tráfico”. 

E, em partes é, mas não como se pensa. Ele não é rastreável então muitos criminosos acabam colocando todo o dinheiro que recebem ilegalmente através da criptomoeda. Dessa forma, caso sejam pegos, ele nunca é encontrado justamente porque não está em um banco tradicional e nem está escondido. 

Contudo, o Bitcoin não tem o intuito apenas de ser ilegal. Na verdade, hoje em dia é usado por vários investidores que buscam opções mais rentáveis de investimento e um retorno mais rápido, apesar de ser perigoso. 

O Bitcoin começou nesta quinta-feira (3), custando na faixa de R$ 195 mil. O preço de seu ápice era de R$ 360 mil. Atualmente, os valores giram em torno de R$ 190 mil para R$ 200 mil.

Pense, portanto, que um investidor pegou R$ 190 mil e investiu um dia para depois vender no ápice de R$ 200 mil: já lucrou R$ 10 mil. Imagine que o investidor faz isso por um mês inteiro: ele praticamente ganhou mais de R$ 300 mil. 

Para os investidores de Dogecoin e Ether não é muito diferente. Então, em um dia consegue-se um grande valor de retorno. 

O Bitcoin vem sendo criticado

O Bitcoin teve grandes quedas após as críticas de Elon Musk e também da tentativa da China em proibir que os bancos e instituições transferissem através de criptomoedas. De acordo com o país, é necessário fazer o uso do Yuan, que é a moeda usada. 

Musk argumentou que o Bitcoin não tem um fim e que está consumindo muita energia para que consiga se manter. E que isso é perigoso para o meio ambiente. Disse, depois disso, que a Tesla não iria mais investir. 

 

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui