25.4 C
Brasil
terça-feira, 27 julho 2021
HomeCriptomoedasBitcoin está destinado ao fim, segundo Stephen Isaacs

Bitcoin está destinado ao fim, segundo Stephen Isaacs

Stephen Isaacs prevê que a bolha do Bitcoin está próxima de estourar. De acordo com ele, ao todo são dois motivos específicos: a regularização e a mudança climática. 

Somente em uma transferência, são gastos mais de 70 galões de combustíveis. Mas esse valor é ainda maior quando se analisa todas as transferências realizadas em um dia. Para manter o Bitcoin, já é gasto mais energia que a Argentina e outros países como Filipinas que possuem mais de 115 milhões de habitantes.

Com o consumo exagerado de energia para algo que, diretamente, não possui tanta eficácia para a população em geral além de negociações, aumentam as mudanças climáticas e isso pode ser perigoso para um todo. 

Bitcoin e a falta de regularização

Outro ponto é que eles simplesmente não possuem regularização. Ou seja, se realmente quebrar de um dia para a noite e o valor se tornar nulo, podem simplesmente dizer que era um investimento de risco e que perderam tudo.

- Continua Depois da Publicidade -

Não há tributações e seguranças como geralmente ocorre com a renda fixa. Na renda fixa, até determinado valor, o banco é obrigado a devolver o dinheiro perdido em caso de quebras e essa proteção está na lei.

A questão é que investidores liberais se sentem desconfortáveis nestes rendimentos já que são muito pequenos e muitas vezes, abaixo de 2% ao mês. 

Outro ponto é que o rendimento não consegue superar a inflação, ela é mais alta. Dessa forma, o investidor conservador acaba perdendo mais do que ganhando, o que pode ser bastante prejudicial para o mesmo. 

A situação é bastante delicada para essas pessoas. Mas, agora os donos de Bitcoin sentem na pele o que é um investimento de risco já que, desde domingo (18), ele perdeu mais de R$ 65 mil. 

- Continua Depois da Publicidade -

Leia mais:

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui