24.2 C
Brasil
domingo, 26 setembro 2021
HomeCriptomoedasCardano: por que investir na criptomoeda em setembro?

Cardano: por que investir na criptomoeda em setembro?

O Cardano ficou entre as cinco moedas mais investidas e valorizadas no mês de agosto e não é por pouco: após superar a máxima de 20% de valorização em apenas um dia, teve seu valor mais alto durante toda a história de existência. Atualmente, seu preço gira em torno de R$ 15. 

Além da supervalorização que, acumulada chega a mais de 1000%, ele tende a superar valores acima de R$ 50 até o final do ano de 2021: assim como o Bitcoin, a moeda começou a se popularizar e cresceu de forma expressiva. 

O BTC estava custando, há anos atrás, menos de R$ 100 e chegou a mais de R$  360 mil no mês de abril, assim como o Ether que chegou a uma média de R$ 21 mil no mesmo mês. 

Com o novo aumento dos valores, estima-se que a partir de setembro ou de outubro, o Cardano comece a ter acesso aos smart contracts (contratos inteligentes, em inglês). O que, querendo ou não, irá provocar uma nova onda de valorização. A capitalização do Cardano alcançou a impressionante faixa de US$ 81,18 bilhões. 

Outras moedas digitais para investir em setembro – além do Cardano

- Continua Depois da Publicidade -

Existe uma série de moedas digitais para quem deseja investir em setembro e que vão além do Cardano. Um exemplo é o Dogecoin que surgiu com um meme e se popularizou: em pouco tempo saiu de R$ 0,07 para mais de R$ 1,70. Ele teve uma onda de popularidade após os incentivos do Elon Musk, empresário e dono da Tesla. 

Além disso, também temos o Ether que recentemente estava custando na faixa de R$ 17 mil. Pesquisas mostram que os investidores de Ether analisam a criptomoeda tendo em vista o tempo: eles sabem que ela deve crescer de forma expressiva nos próximos anos, assim como o que aconteceu com o Bitcoin. 

 
Visão Confiávelhttp://visaoconfiavel.com/
Visão Confiável é uma agência com jornalistas independentes que estão dispostos a fornecer informações em tempo real e com qualidade. Contamos com uma agência de redatores. Entre em contato!

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui