28.9 C
Brasil
terça-feira, 3 agosto 2021
HomeCriptomoedas"Explicando... Dinheiro" mostra sobre os possíveis golpes das criptomoedas

“Explicando… Dinheiro” mostra sobre os possíveis golpes das criptomoedas

O documentário da Netflix, “Explicando… Dinheiro”, foi criado em cinco episódios com cerca de 23 minutos cada um. O lançamento ocorreu no ano de 2021 e tem o foco principal de ensinar como as pessoas lidam com os financiamentos e juros. Além disso, apresentam uma breve descrição de como funciona o mercado de cartão de crédito. 

O “Explicando… Dinheiro” ensina, desde o primeiro episódio, sobre os possíveis golpes que podem ser aplicados pelas criptomoedas e mostra que não surgiu do nada a crença de que elas são do tráfico e de criminosos. 

Entre os anos de 2015 e 2017, a desenvolvedora da One Coin realizou o marketing expressivo da criptomoeda. Conseguiu atrair mais de 4 bilhões de dólares em investimentos e, do dia para a noite, simplesmente sumiu com o dinheiro.

Mais tarde, com as investigações, a polícia argumentou que havia corrupção entre os investimentos. 

- Continua Depois da Publicidade -

O medo que isso aconteça com o Bitcoin ou outras criptomoedas é constante. E esse não foi o primeiro golpe aplicado. 

De acordo com Tiago Kohler, analista e desenvolvedor do portal Visão Confiável, entre o ano de 2020 e 2021, uma carteira online com bilhões de investimentos simplesmente sumiu. Ninguém sabia quem era o verdadeiro dono porque era um boot que representava a empresa. 

Pump and Dump – “Explicando… Dinheiro”

Canal: MxGamer789 K.O / Fonte: Netflix / Direitos Autorais: Netflix

- Continua Depois da Publicidade -

O documentário também aborda sobre as técnicas de Pump And Dump que se trata de comprar um item quando ele está custando pouco, fazendo com que o preço cresça para logo em seguida realizar as vendas. 

Algo semelhante aconteceu com o empresário Elon Musk que patrocinou o Bitcoin para que chegasse ao pico de R$ 360 e, logo depois, pudesse realizar uma venda bilionária. O que, logo em seguida, iria causar uma perda de 20% do valor total. 

O Musk não patrocinou somente o BTC como também outras criptomoedas que, logo depois, perderam valores. 

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui