21.3 C
Brasil
sábado, 22 janeiro 2022
HomeCriptomoedasLista de criptomoedas mais promissoras para 2022

Lista de criptomoedas mais promissoras para 2022

Uma coisa é clara: o ano de 2021 foi o ano das criptomoedas. O Bitcoin chegou a mais de R$ 370 mil enquanto o Ether voltou a flertar com a faixa de R$ 30 mil. Além disso, a Solana que surgiu durante o ano de 2020 teve mais de 70000% em valorização durante um ano. O momento também foi para o Dogecoin, que subiu de preços para mais de R$ 3. Atualmente, sua faixa está em R$ 1,2. 

Pesquisas publicadas pelo banco Inter mostram sobre a volatilidade do mercado, que chega a mais de 100% em um dia. Por isso, os riscos de perder são elevados, assim como as chances de ganhar retornos satisfatórios. 

Enfim, neste artigo iremos abordar um pouco sobre quais são as criptomoedas mais promissoras para o ano de 2022. Portanto, se quiser saber mais sobre, basta continuar a leitura conosco!

  • Bitcoin

Já se foi o tempo que os especialistas acreditavam em um estouro da bolha e quebra do ativo. Hoje em dia, já existem expectativas para que o valor saia de R$ 330 mil para mais de R$ 1 milhão. Não se pode esquecer que o ativo no Brasil também depende de acordo com o dólar. 

  • Ether criptomoedas

Os investidores compram o Ether tendo em vista a valorização dele a longo prazo. Ele saiu da faixa abaixo de R$ 2 mil para custar mais de R$ 28 mil durante o ano de 2021, sua alta foi puxada principalmente pelo BTC. 

  • Shiba Inu

Foi uma moeda incentivada por Elon Musk que cresceu mais de 550% em apenas um trimestre. Assim como o Dogecoin, tem como símbolo um cachorro. 

Principais criptomoedas

# NOME VALOR MERCADO PREÇO (R$) VOLUME (R$ – 24H) VARIAÇÃO (24H)
1 Bitcoin 6153,7 B R$ 325.694,00 253,7 B -0.59%
2 Ethereum 3130 B R$ 26.419,00 178,2 B +1.15%
3 Binance Coin 610,4 B R$ 3.633,02 20,5 B +3.21%
4 Tether 419,2 B R$ 5,63 424,6 B +0.31%
5 Solana 386 B R$ 1.263,29 16,7 B +5.15%
6 Cardano 289,1 B R$ 9,02 8,7 B +0.30%
Daiane Souza
Formação em jornalismo pela Uniasselvi. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui