28.6 C
Brasil
sábado, 18 setembro 2021
HomeCriptomoedasXRP (RIPPLE) tem valorização acumulada de 15% em 24h enquanto BTC cai

XRP (RIPPLE) tem valorização acumulada de 15% em 24h enquanto BTC cai

A criptomoeda XRP (RIPPLE) tem uma supervalorização de 15%, custando na faixa de R$ 5,23, em apenas um dia, enquanto o Bitcoin atua com queda de 2,5% no valor de R$ 235 mil. 

O BTC costuma ser a alternativa que mais influencia nos investimentos e, quando ele apresenta quedas, outras moedas digitais costumam cair, principalmente o Ether que perdeu mais de 2,2% de valor. Apesar disso, o Ether está custando próxima a R$ 16 mil, preço maior que dias atrás quando estava a R$ 9 mil após uma queda drástica de preços quando chegou no pico de R$ 21 mil. 

Outro ponto que chama a atenção do XRP (RIPPLE) é em relação à quantidade de moedas disponíveis, que é de 100 bilhões enquanto apenas 46 bilhões circulam. Isso garante uma estabilidade final dos preços. O volume final é de R$ 52 bilhões. 

A moeda pode apresentar quedas no decorrer da quinta-feira (12) ou na próxima sexta-feira (13) após alcançar valorizações acima de 15%. Logo, é recomendado que os investidores fiquem atentos. 

- Continua Depois da Publicidade -

A Binance Coin, que estava em verde na última quarta-feira (11), continua com a variação positiva com cerca de 0,99%. O Cardano teve algumas quedas leves mas continua com variação positiva. 

# NOME VALOR MERCADO PREÇO (R$) VOLUME (R$ – 24H) VARIAÇÃO (24H)
1 Bitcoin 4428,9 B R$ 235.791,00 193,8 B -1.42%
2 Ethereum 1921,6 B R$ 16.370,93 143,7 B -2.32%
3 Tether 329,9 B R$ 5,22 406,6 B +0.77%
4 Binance Coin 315,5 B R$ 2.035,13 12,4 B +0.99%
5 Cardano 299,8 B R$ 9,32 30,6 B +0.74%

Investimentos além do XRP (RIPPLE) 

O dólar terminou o último pregão na faixa de R$ 5,22. E, consequentemente, esses valores tendem a influenciar os preços da gasolina e de outros combustíveis. A Petrobras já anunciou um novo aumento de 3,5% dos valores para essa quinta-feira (12). Além disso, a alta acumulada desde o começo do ano chegou a mais de 50%. 

O Banco Central vem tentando alterar as taxas de juros da Selic para controlar a inflação, que está em 8,99%, e diminuir o preço do dólar. Entretanto, as iniciativas não estão sendo eficientes para controlar os preços. 

 
Visão Confiávelhttp://visaoconfiavel.com/
Visão Confiável é uma agência com jornalistas independentes que estão dispostos a fornecer informações em tempo real e com qualidade. Contamos com uma agência de redatores. Entre em contato!

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui