28.9 C
Brasil
terça-feira, 3 agosto 2021
HomeDireitos e Deveres do TrabalhadorProjudi: o que é e do que se trata?

Projudi: o que é e do que se trata?

O software PROJUDI é de processo eletrônico, online pelo Conselho Nacional de Justiça e em franca expansão em todos os estados do Brasil. É chamado comumente de Sistema  CNJ.

A ideia é realizar o processo da informatização dos cartórios judiciais do Brasil. Ou seja, possibilita que um processo judicial seja realizado em meio online. Dessa forma, modernizando a rotina dos cartórios e levando comodidade para a população. Interessante né?

Para acessar o seu processo judicial, acesse o PROJUDI do seu estado, faça o cadastro e siga os passos em tela. Para usuários sem login, é permitida a consulta de processos. Além disso, a rapidez na tramitação de diversos processos é acompanhada no fim do gasto de papel. Portanto, o SISTEMA CNJ é um grande passo na modernização da justiça brasileira.

Projudi RJ

No Brasil, julgamentos duram muito, temos muito mais processos pendentes e iniciamos mais processos a cada ano. A tentativa do SISTEMA CNJ é modernizar a estrutura brasileira, tornando os transmites legais mais rápidos e eficientes.

- Continua Depois da Publicidade -

Além disso, é importante observar que a tese de que a lentidão da justiça se deve à escassez de gastos é generalizada.

No entanto, os gastos com a justiça não parecem particularmente baixos em comparação com os de outros países. Dessa forma, a questão da lentidão na justiça brasileira talvez não vá por esse caminho. Em suma, o Sistema CNJ compõe uma tentativa bem sucedida de melhorar os procedimentos processuais.

Projudi GO

Deve-se notar que, mesmo que seja difícil mudar a situação no curto prazo, o PROJUDI é certamente o caminho certo para maior eficiência na justiça. Além disso, melhores práticas organizacionais e de trabalho precisam ser introduzidas nos cartórios e o PROJUDI é vital nesse processo.

As profundas diferenças existentes nos tempos de justiça entre os diferentes cartórios brasileiros, que até partilham o mesmo contexto jurídico, sugerem que a duração média dos processos pode ser reduzida simplesmente aplicando as práticas de organização dos melhores cartórios.

- Continua Depois da Publicidade -

No entanto, isso não pode ser feito apenas “por decreto”, mas requer ação sinérgica em diferentes níveis.

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui