22.9 C
Brasil
sexta-feira, 17 setembro 2021
HomeEntretenimento"Fazer a Malinche": você conhece o significado desse termo?

“Fazer a Malinche”: você conhece o significado desse termo?

Quem é que nunca ouviu alguém falar que determinada pessoa estava “fazendo a Malinche”? Esse termo existe desde o século XVI e relembra a colonização mexicana e a invasão dos espanhóis no local. 

Malinche era uma indígena que foi vendida ou comprada (não se sabe ao certo) pelos povos Astecas, também conhecidos como Mexicas. No ápice, o império Asteca dominava inúmeras cidades e conseguia cobrar impostos delas. 

No entanto, com a chegada dos espanhóis, muitas dessas cidades, que estavam insatisfeitas com o pagamento dos impostos, decidiram ficar do lado dos europeus ao pensar que poderiam ajudar os povos. 

Até mesmo os Astecas foram iludidos em relação ao assunto: Cortés havia chegado no local no final de um ciclo e pensaram que se tratavam de deuses. Foram derrubados dois anos após a chegada com a união dos europeus com outros povos e uma possível crença de algumas pessoas de que se tratavam de deuses. 

- Continua Depois da Publicidade -

Malinche foi a indígena que conhecia 4 línguas e teve um filho de Cortés, o invasor europeu. Por ter um amplo conhecimento na fala, ela atuava como tradutora entre os povos e facilitava a comunicação entre eles. 

“Fazer a Malinche” é entendido como “produzir a traição” ou “ir para o outro lado” visto que a indígena ajudou os espanhóis a dominarem o local através de seus conhecimentos com a tradução e, inclusive, teve um filho com um deles. 

Outro termo histórico além de “Malinche”

O termo “quinto dos infernos” surgiu no Brasil durante a colonização porque era necessário que a colônia pagasse um quinto de todo o ouro descoberto. As pessoas que descobriram, e eram obrigadas a tirar uma parcela de cinco partes para os portugueses os chamavam de “inferno” ou “lugar do inferno”. 

 
Visão Confiávelhttp://visaoconfiavel.com/
Visão Confiável é uma agência com jornalistas independentes que estão dispostos a fornecer informações em tempo real e com qualidade. Contamos com uma agência de redatores. Entre em contato!

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui