20.8 C
Brasil
sábado, 17 abril 2021
Home Entretenimento Mulheres - Bukowski: resumo e crítica da obra

Mulheres – Bukowski: resumo e crítica da obra

O livro “Women”, ou simplesmente “Mulheres”, é outra dessas leituras obrigatórias para todo admirador da obra de Charles Bukowski. O autor, nascido na Alemanha e criado desde a infância nos Estados Unidos, é considerado um desses ícones da “geração beat”, apesar de ter rejeitado por toda a vida esse rótulo.

Ele publicou essa obra pela primeira vez em 1978, mais uma vez tendo o seu alter-ego Henri Chinaski como personagem principal; e em síntese, a obra trata de um momento bastante particular da sua vida, quando já era um escritor de prosa e poesia com características pornográficas, à beira dos 50 anos de idade e há quase 4 anos sem levar uma só mulher para a cama.

Mulheres: sobre as fases de uma vida sexual

Em Mulheres, o que Bukowski fez foi, basicamente, compor uma obra de ficção na qual conta como ele (ou Chinaski) de repente encontrou-se em uma tempestade de relacionamentos sexuais, nas quais as mulheres, quase que magicamente, começavam a surgir em cascata, nas figuras de Lydia, Mindy, Cassie, Lilly, entre diversas outras que foram surgindo a partir do momento em que ele adquiriu uma maior projeção como escritor.

É como se elas simplesmente esperassem por isso; em algum lugar esperando o momento certo para surgirem na sua vida; porém o que elas acabavam trazendo era toda a sorte de loucuras, desejos, expectativas, frustrações, violência, e até mesmo amor pelo irrecuperável poeta do “mundo cão”.

Já Chinaski, por sua vez, não conseguia, de forma alguma, estreitar laços com essas mulheres, pois, da sua parte, tudo o que ele tinha a oferecer era a sua alma carcomida pelo medo de amar, apreço pela solidão, receio de um comprometimento e, acima de tudo, com a certeza de que ele era, na verdade, a sua melhor companhia.

E tudo isso em uma obra na qual as expressões chulas ajudam a compor o cenário. O cenário de um universo bastante particular, onde não há espaço para sonhos e nem expectativas, apenas fartas e generosas doses da dura realidade, mesmo quando cercada por uma multidão de mulheres.

 
Daiane Souza
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui