23.8 C
Brasil
sábado, 27 novembro 2021
HomeEntretenimentoNey Matogrosso, ditadura e características das músicas

Ney Matogrosso, ditadura e características das músicas

O Ney Matogrosso foi considerado um extremo transgressor durante a Ditadura, sendo ameaçado várias vezes pelo regime militar golpista da época. Sendo assim, nesse período o artista publicou alguns dos seus maiores sucessos: Vereda Tropical, Amor Objeto, Seu tipo, Por debaixo dos panos, Promessas demais, Tanto amar, Ando meio desligado, Sangue latino, Homem com H, Vida, Pro dia nascer Feliz, entre outros. É considerado um dos mais influentes precursores da androginia no Brasil enquanto estética relativa à arte, desenvolvida primeiramente com a Tropicália. Logo o estilo do artista apresenta coreografias erotizantes e expõe sua masculinidade como um contraponto à ousadia nos tempos de repressão e censura. Ney Matogrosso influencia gerações de artistas e ainda nos dias atuais é uma grande referência, além de uma grande fonte de inspiração. Sendo assim, o artista também é coreógrafo, iluminador, dançarino e atua como Diretor Geral de seus próprios espetáculos. Também foi diretor de espetáculos de outros artistas. Por exemplo, Sou eu, dirigindo a musa Simone, O Tempo Não Pára, de Cazuza, além de outros como RPM, Gilberto Gil e Cauby Peixoto. Ney Matogrosso também foi responsável pela iluminação de espetáculos de Nelson Gonçalves, Nana Caymmi, da Fundação Oswaldo Cruz, Chico Buarque, além de várias peças de teatro, como Somos Irmãs e Mistério do Amor.

Acompanhe as notícias do dia

Nesta terça-feira (23), o Caixa TEM termina de realizar os pagamentos da primeira parcela do Auxílio Brasil para os grupos com o final do NIS 5. Ontem (22), os beneficiários foram aqueles com o final do NIS 4. O valor tem um reajuste de 20% sobre o que era pago pelo Bolsa Família, saindo de R$ 190 para R$ 220 por mês. No entanto, existem expectativas de alterar esse valor para R$ 400 ainda em dezembro com a aprovação da PEC dos Precatórios.
Daiane Souzahttp://visaoconfiavel.com/
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral. Atualmente, trabalha como redatora da agência jornalística Visão Confiável (http://visaoconfiavel.com/).

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui