Afinal, Sasuke seria um vilão mais poderoso que Madara em Naruto Shippuden ?

38
Afinal, Sasuke seria um vilão mais poderoso que Madara em Naruto Shippuden ?
4.7 (93.33%) 3 voto[s]

Durante toda a série de Naruto, Sasuke Uchiha mudou de lado diversas vezes, sendo finalmente colocado no lado das forças do bem na base da porrada por seu melhor e único amigo, Naruto Uzumaki.

Ao final de Naruto Shippuden, Sasuke se tornou um dos ninjas mais poderosos de todos os tempos, com habilidades que somente ele teve em toda a história, como sua versão especial do Rinnegan.

Madara Uchiha foi também um dos mais poderosos ninjas de todos os tempos, tendo sido o “não-Otsutsuki” mais perigoso que os ninjas já enfrentaram. Entre seus feitos estão lutar de maneira praticamente equivalente com Hashirama Senju, controlar Bestas com Cauda com seu genjutsu e colocar Cinco Kages para dormir na mesma luta, invocando 25 Susano’os simultaneamente.

Antes de sua batalha final contra Naruto, Sasuke foi capaz de colocar todas as Bestas com Caudas em genjutsu ao mesmo tempo, aprisionou-as com o mais poderoso Chibaku Tensei já utilizado na série e ainda manipulou o chakra das bijuus para criar seu Susano’o Perfeito, com um controle de chakra semelhante ao de Hagoromo Otsutsuki.

Continuar Lendo

Seus jutsus mais comuns, como o Chidori e o Katon, evoluíram a ponto de ter energia o suficiente para nivelar Vilas Ocultas inteiras e obrigar Naruto a utilizar suas formas mais poderosas para contra-atacar.

Suas reservas de chakra provavelmente não permitiria criar o mesmo número de Susano’os de Madara, mas ele certamente não precisaria disso para derrotar toda a Aliança Shinobi.

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017, contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchuyroll, juntamente com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Fonte: Critical Hits (Blogue)