23.8 C
Brasil
sábado, 27 novembro 2021
HomeFinanças & InvestimentosBlack Friday: como os impostos prejudicam os descontos? Qual a porcentagem deles?

Black Friday: como os impostos prejudicam os descontos? Qual a porcentagem deles?

Nesta sexta-feira (26), ocorre a Black Friday que promete descontos de até 80% em alguns produtos. A Amazon já começou com as promoções desde o início do mês, tirando valores na faixa de 60%, principalmente sobre o preço dos livros.

No entanto, apesar das boas expectativas de economia para as compras de fim de ano, é estimado que os impostos possam prejudicar o valor dos produtos. Uma pesquisa que foi publicada pelo portal Monitor Mercantil mostra que o preço de um vídeo game está em R$ 6 mil, mas que, sem as tributações, poderia passar para a faixa de R$ 1.669,20. 

Existem outros itens básicos do dia a dia que possuem altos níveis de tributações como o ICMS e outras. Um deles são os computadores, ao menos 24,3% do valor do produto é imposto. Ou seja, gasta-se cerca de R$ 243 a cada R$ 1 mil no preço para a Receita Federal. 

Se não bastassem os preços dos produtos elevados, o alto da inflação acumulada a 10,67%, as empresas de pequeno, médio e grande porte ainda devem pagar impostos por fora, que não estão no valor dos produtos.

Veja porcentagens ainda maiores sobre a incidência de impostos

- Continua Depois da Publicidade -

As maiores tributações estão sobre os produtos importados, vindos de países como China e Estados Unidos que acabam parando na alfândega. O vídeo game, como já dito, tem cerca de 70% de seu valor em tributos enquanto o Home Theater chega a cerca de 45%. O tablet importado tem a porcentagem na faixa de 59,32%. Uma máquina de lavar roupas, que é essencial para o dia a dia dos brasileiros, chega a ter mais de 40% de seu preço somente em tributos. 

Como economizar durante a Black Friday?

  • Pesquise sobre o site para saber se é verídico; 
  • Compare preços com outras lojas concorrentes; 
  • Use o Zoom para analisar valores antigos e atuais para ver se vale a pena.
Daiane Souzahttp://visaoconfiavel.com/
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral. Atualmente, trabalha como redatora da agência jornalística Visão Confiável (http://visaoconfiavel.com/).

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui