26.9 C
Brasil
quinta-feira, 20 janeiro 2022
HomeFinanças & InvestimentosCDB Mais Limite de Crédito: o que é e como funciona o...

CDB Mais Limite de Crédito: o que é e como funciona o investimento?

O CDB Mais Limite de Crédito é uma alternativa ideal para os brasileiros que estão com alguma restrição no Serasa ou SPC devido ao nome sujo e que, devido a isso, não conseguem aumentar o limite de crédito. Hoje, 10 de janeiro, separamos algumas dicas para te ajudar a entender mais sobre o que se trata, se é um investimento seguro e até mesmo se vale a pena aplicar dinheiro nele.

Como funciona o CDB Mais Limite de Crédito?

O CDB Mais Limite de Crédito funciona de um modo bastante simples: todo o valor que for investido é convertido em em mais limite, mesmo que o nome esteja sujo, por exemplo. Ele é disponibilizado por instituições como é o caso do Inter e o C6, que rendem na faixa de 100% do CDI (em média de 9% ao ano). O lado positivo é que o resgate pode ser feito de forma totalmente espontânea. No entanto, conta com algumas regras, veja abaixo quais são elas. 

  • Supondo que tenha aplicado o valor de R$ 3 mil, logo, teve esse valor de limite aplicado pela instituição em que tem a conta bancária.
  • No entanto, teve um gasto mensal na faixa de R$ 1 mil.
  • Logo, poderá sacar o valor de R$ 2 mil do que investiu enquanto o R$ 1 mil que gastou fica trancado até que haja o pagamento da fatura. Enquanto o valor que gastou de limite fica trancado (para servir como uma garantia caso não pague a sua conta), tem a possibilidade de ter os rendimentos iguais de 100%.

Esse tipo de investimento é uma alternativa para quem tem dinheiro para aplicar e ter mais limites de crédito. Contudo, não está entre as opções mais rentáveis do mercado. Deste modo, para quem está em busca de investimento conservador a logo prazo, o Tesouro Direto é uma alternativa. 

Daiane Souza
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui