24.1 C
Brasil
segunda-feira, 6 dezembro 2021
HomeFinanças & InvestimentosCom safra de açúcar prejudicada em 43%, mercado oscila e pode impactar...

Com safra de açúcar prejudicada em 43%, mercado oscila e pode impactar PIB

Nesta quarta-feira (10), o preço do açúcar começou o dia em queda de 1,2%. O mercado vem sentindo a mesma instabilidade que no começo do ano: as secas prejudicaram as produções de safra para o ano de 2022 e impactam diretamente no PIB, Produto Interno Bruto que decaiu cerca de 4,1% no ano de 2020. 

  • Fechamento Anterior:
    19,9
  • Compra/Venda:
    19,65/19,68
  • Var. Diária:
    19,53 – 19,98

A expectativa de produção é muito baixa. O esperado, inicialmente, era uma produção de 14 milhões de toneladas para consumo. No entanto, ao menos 12 empresas de grande porte no país deixaram, em seu levantamento, a possibilidade de apenas 6,3 milhões e 600 mil toneladas abaixo do consumo.  A seca vem sendo ocasionada, de acordo com especialistas, devido ao desmatamento do solo e não há expectativas para uma melhora. 

O mercado do açúcar que vem da cana, também pode impactar o etanol. Outras áreas da agricultura também enfrentam dificuldades de recuperação durante a pandemia da Covid-19. Um exemplo é o boi gordo e a exportação de carne, que decaiu com o fim das negociações do Brasil com a China. Atualmente, a agricultura brasileira está negociando principalmente com os Estados Unidos, mas com uma demanda consideravelmente menor. 

A economia brasileira, inclusive o PIB, Produto Interno Bruto, são determinados principalmente com primários, como cana de açúcar, carne e outros tipos de colheitas. Momentos de seca ou dificuldades de negociações com o exterior podem causar uma nova estagnação   e dificuldade de recuperação. 

O mercado vem oscilando com inflação alta

- Continua Depois da Publicidade -

Ainda nesta quarta-feira (10), o IBGE liberou dados referentes à inflação brasileira que tem o acumulado a 10,67% no mês de outubro, um aumento acima de 1%. Em setembro, o valor do IPCA estava também elevado, a 10,2%. O aumento da gasolina e do diesel, assim como a tarifa de energia elétrica elevada com crise de escassez, estão facilitando para essas oscilações na economia e dólar. 

Daiane Souzahttp://visaoconfiavel.com/
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral. Atualmente, trabalha como redatora da agência jornalística Visão Confiável (http://visaoconfiavel.com/).

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui