21.5 C
Brasil
sexta-feira, 3 dezembro 2021
HomeFinanças & InvestimentosComo a PEC dos Precatórios vem sendo vista pelos investidores?

Como a PEC dos Precatórios vem sendo vista pelos investidores?

A PEC dos Precatórios prevê que uma parte do dinheiro público que seria destinado para o pagamento das dívidas da União seja destinado para o aumento do Auxílio Brasil que começou a ser pago na última semana com o valor médio de R$ 220. Ou seja, um reajuste de 20% sobre o que era pago pelo Bolsa Família, que foi cancelado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. 

De forma sintetizada, o objetivo é que esse dinheiro aumente o valor do Auxílio Brasil de R$ 220 para R$ 400 para cada família até o final das eleições no ano de 2022. Os mais críticos, e grupos da oposição, argumentam que isso pode intensificar o aumento da dívida pública. Nesta semana, as discussões sobre o assunto devem continuar na Câmara e no Senado. 

Suno vê bons lados na Pec dos Precatórios

“Vai passar. O mercado vê na proposta de fatiamento da PEC dos Precatórios uma maior possibilidade de que a mudança constitucional seja aprovada. O bom humor venceu até o azedume do exterior e os papéis bastante descontados foram alvo de compra por parte dos investidores. Assim, a sequência de quatro quedas seguidas do Ibovespa teve fim nesta sexta-feira. Clicando aqui você lê o resumo do pregão de hoje.

Alegria fugaz. Diante da proposta de parte dos senadores de manter o teto de gastos como está e passar a contar as despesas com precatórios fora do limite do teto, o governo tenta um acordo difícil: aprovar a PEC com os pontos principais já aprovados pela Câmara e colocar as propostas dos senadores descontentes em uma PEC paralela. A ideia é tentar fechar o acordo na semana que vem. Leia mais detalhes sobre a manobra.

- Continua Depois da Publicidade -

Uma ofegante epidemia. Os olhos dos investidores começam a se voltar com mais atenção para o continente Europeu. O Velho Continente está a registar uma crescente de casos de Covid-19 e a Áustria tornou-se hoje o primeiro país a decretar lockdown nacional por conta da nova onda. Aqui você pode saber mais sobre a situação na Europa.”

Daiane Souzahttp://visaoconfiavel.com/
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral. Atualmente, trabalha como redatora da agência jornalística Visão Confiável (http://visaoconfiavel.com/).

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui