23.4 C
Brasil
quarta-feira, 8 dezembro 2021
HomeFinanças & InvestimentosDívidas com a Receita Federal podem ser negociadas até 30 de novembro:...

Dívidas com a Receita Federal podem ser negociadas até 30 de novembro: entenda

Nesta semana, a Receita Federal começou a organizar o Mutirão da Negociação de Dívidas e Orientação Financeira que deve durar até o final de novembro, dia 30, para os brasileiros que estão com pendências e não utilizaram a casa ou o automóvel como garantia de pagamentos. A parceria foi criada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e o Banco Central, a Secretária Nacional do Consumidor (Senacon).

Dever para a Receita Federal pode ocasionar problemas como o bloqueio de bens e dificuldade em realizar vendas dos mesmos. Dependendo do caso, as contas bancárias podem ser prejudicadas. Existem muitas formas de surgir uma dívida com a União. Mas, as principais delas são ocasionadas devido a omissão do imposto de renda e não pagamento de impostos por pessoas jurídicas como o MEI, ME e outros portes de CNPJ, Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica. 

Vale salientar que todo o processo de reajuste e parcelamento dos débitos deve ser realizado através do site do Gov na aba de consumidor: gov.br/consumidor.

Mais notícias de hoje – além das renegociações de dívidas da Receita Federal

Nesta quinta-feira (04), os beneficiários do auxílio emergencial que nasceram em março podem sacar o benefício referente à sétima parcela. Os valores podem variar de acordo com a estrutura familiar do cidadão: os grupos de pessoas que moram sozinhos recebem R$ 150, os grupos de pessoas que moram em duas ou mais indivíduos recebem R$ 250 e os grupos de mulheres solteiras que possuem filhos abaixo dos 18 anos, podem receber cerca de R$ 375, que é o teto máximo do benefício. 

- Continua Depois da Publicidade -

Neste mês de novembro, o Ministério da Cidadania pretende iniciar os pagamentos do novo Renda Brasil que veio para substituir o Bolsa Família, que teve a duração média de quase 20 anos. O valor do programa vem com reajuste de 20% em relação ao que era pago aos beneficiários anteriormente. 

Daiane Souzahttp://visaoconfiavel.com/
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral. Atualmente, trabalha como redatora da agência jornalística Visão Confiável (http://visaoconfiavel.com/).

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui