18.5 C
Brasil
quinta-feira, 5 agosto 2021
HomeFinanças & InvestimentosDólar abaixo de R$ 5: por que a queda expressiva?

Dólar abaixo de R$ 5: por que a queda expressiva?

A cotação do dólar começou a manhã desta sexta-feira (25) custando R$ 4,90 com queda de 0,07%. A máxima alcançada pela moeda norte-americana foi de R$ 4,91. O mês deve terminar com uma das maiores desvalorizações da moeda desde uma década atrás. São mais de 4,2% de perda de valor.

Mas, o que está causando essa diminuição de preços após a moeda flertar com R$ 6 desde o mês de fevereiro, após as interferências do presidente Bolsonaro na Petrobras?

O primeiro fator vem sendo a recuperação econômica do PIB brasileiro que vem atraindo novos investidores. Apesar da queda de 4,1% no ano de 2020, o primeiro trimestre de 2021 teve aumentos de 1,4% e até o final deste ano, a recuperação deve ser acima do que foi perdido no primeiro ano de pandemia.

As questões políticas estavam causando forte influência, principalmente em relação ao ministro do Meio Ambiente, Salles, que estava se envolvendo em um escândalo internacional de exportação de madeira. O que fez com que países localizados na Europa e no Norte da América, olhassem com certa desconfiança em relação a investimentos em um país que faz vendas “por trás das cortinas”.

Dólar e o aumento da taxa Selic

- Continua Depois da Publicidade -

A taxa Selic saiu, no ano de 2021, de 2% a 4,2%. O objetivo da COPOM é fazer com que a taxa de juros ultrapasse a faixa de 5,5%. Com o aumento dos juros, há o controle da inflação acumulada que está em 8,06%. Logo, com a diminuição da inflação, também ocorre a valorização do real perante outras moedas (e o preço delas caem).

No ano de 2022, a COPOM pretende deixar a Selic em 6,2%. Os impactos também devem ser sentidos entre aqueles que fazem investimentos conservadores como a Renda Fixa que conta com a poupança, LCI, LCA e CDB. Os rendimentos devem ser maiores, mas, mesmo assim, não acompanham a inflação e se perde poder de compra.

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui