28.9 C
Brasil
terça-feira, 3 agosto 2021
HomeFinanças & InvestimentosDólar começa dia em alta e com variação de 0,40%

Dólar começa dia em alta e com variação de 0,40%

A mínima do dólar nesta terça-feira (15) foi de R$ 5,05 e a máxima foi de R$ 5,10, uma variação de 0,4%. 

Após a liberação sobre os números referentes à inflação brasileira, de 8,06% acumulada nos últimos doze meses, a moeda norte-americana permanece em instabilidade desde a semana passada. Antes disso, estava custando R$ 5,02. 

O presidente Bolsonaro argumentou que esperava que o preço dos combustíveis voltassem a cair com os resultados positivos com as mudanças da taxa Selic. 

A Petrobras se baseia no dólar para definir o preço do barril de petróleo. E, consequentemente, isso afeta também o preço dos combustíveis. 

- Continua Depois da Publicidade -

A COPOM pretende aumentar a taxa Selic para 5,5% até o final de 2021. Dessa forma, a inflação deve ser controlada com o aumento dos juros. As expectativas eram que o aumento chegasse em 7%, mas há poucas chances que isso aconteça em um momento de crise. 

O aumento dos juros deve impactar também as pessoas que pedem empréstimo porque as taxas tendem a ser maiores. Então, muitos microempresários individuais e setores que estão em crise durante a pandemia, argumentam que essa ideia pode ser negativa para empresas que precisam de empréstimos para pagar aos funcionários. 

Leia também: As ações que subiram mais de 100% desde a mínima do Ibovespa

Auxílio emergencial e os impactos no dólar

Ainda não se sabe quais os impactos do auxílio emergencial no dólar. Entretanto, quanto mais dinheiro está em circulação, maiores devem ser os índices de inflação e, consequentemente, maior o preço da moeda norte-americana. 

- Continua Depois da Publicidade -

O governo decidiu que haveria o prorrogação do benefício por mais dois meses no mesmo valor atual. Somente as famílias monoparentais devem passar por reajustes: as duas últimas parcelas devem custar cerca de R$ 600. O atual valor para esse grupo é o teto máximo de R$ 375. 

A terceira parcela deve ser fornecida a partir do dia 20 de junho para os beneficiários que nasceram em janeiro. O final dos depósitos acontece no dia 21 de julho para nascidos em dezembro. 

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui