26.9 C
Brasil
terça-feira, 19 outubro 2021
HomeFinanças & InvestimentosIBGA: inflação acumulada está em 10,25% com aumento de 1,16% em setembro

IBGA: inflação acumulada está em 10,25% com aumento de 1,16% em setembro

Avalie Nossa Matéria

A inflação acumulada dos últimos doze meses foi para 10,25%, tendo um aumento considerável de 1,16% do IPCA no mês de setembro. Os consumidores vêm enfrentando a variação negativa dos preços de alimentos e combustíveis: desde a última semana, o preço da cesta básica aumentou em 11 estados brasileiros. Os dados liberados são pertencentes ao IBGE desta sexta-feira (08). 

Como o aumento da inflação impacta o bolso dos brasileiros?

O aumento da inflação pode impactar o bolso dos mais pobres ou mais ricos que contam com dinheiro no banco também. Não se trata apenas de aumentar o preço do arroz ou do feijão, trata-se também da desvalorização monetária e dos investimentos que rendem menos que o próprio IPCA. Outra consequência é o aumento do dólar, que impacta diretamente no diesel e na gasolina. No mês de outubro, os caminhoneiros voltaram a falar sobre a possibilidade de uma nova greve. 

Como consequência da inflação elevada, o dólar está custando R$ 5,50: recentemente, o ministro da Economia, Paulo Guedes, se envolveu em alguns escândalos referentes a estar recebendo com a moeda norte-americana das empresas que têm em paraísos fiscais e, assim sendo, lucrar com esses aumentos. 

Existem várias teorias sobre o motivo do aumento do IPCA tão expressivo no último ano. No entanto, uma delas seria o auxílio emergencial que aumentou o dinheiro em circulação e, logo, fez com que lojistas e mercados tivessem a necessidade de elevar o preço dos produtos. Outros argumentam que foi o preço do dólar que desencadeou na venda de itens do agronegócio para o exterior e a falta de estoques no Brasil. 

Quanto está rendendo o meu investimento agora?

- Continua Depois da Publicidade -

Com a taxa Selic a 6,2%, é estimado que a inflação renda uma média de apenas 4,2% ao ano. Ou seja, R$ 42 a cada R$ 1000. No entanto, com a inflação acumulada em 10,2%, a desvalorização desses R$ 1000 em um ano chega a R$ 102.

Avalie Nossa Matéria
 
Visão Confiávelhttp://visaoconfiavel.com/
Visão Confiável é uma agência com jornalistas independentes que estão dispostos a fornecer informações em tempo real e com qualidade. Contamos com uma agência de redatores. Entre em contato!

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui