28.1 C
Brasil
segunda-feira, 14 junho 2021
HomeFinanças & InvestimentosPix vai ser pago? Entenda as propostas do Banco Central

Pix vai ser pago? Entenda as propostas do Banco Central

O Banco Central está pretendendo realizar o PIX de forma paga. O sistema de transações instantâneas ficou famoso devido aos mais variados benefícios: transação em tempo real nos fins de semana e durante 24 horas por dia, totalmente gratuito, permite transferir dinheiro para outra pessoa sem preencher uma série de dados, apenas usando uma chave.

Cada indivíduo pode ter até 5 chaves, sendo elas através de email, QR Code, número de celular, CPF e CNPJ.

Leia mais: Bolsa Família 2021: Quando começam os pagamentos de maio?

Banco Central e PIX

O  Banco Central informou que pretende realizar cobranças para que ocorram as transações do PIX, o que pode ser negativo visto que ele funciona há mais de 5 meses de forma gratuita.

Bancos como o Bradesco, que cobravam taxas para transferir para outras instituições, não cobram mais nada com o PIX. O Inter, no entanto, já tinha todas as transações gratuitas. Dessa forma, os usuários não irão querer pagar pelo PIX no Inter se antes já podiam transferir sem pagar nada.

Leia mais: OAB-SP: Como funciona o cartão do Santander e como conseguir?

O lado mais negativo é para os microempresários que poderão pagar taxas de até 1,49% do valor que desejam enviar. Ao somar todos os valores de transferências e as taxas, dependendo do empresário, pode acabar sendo um prejuízo.

Não há dúvidas de que muitos usuários migrem novamente para as transações gratuitas de alguns bancos e usem o PIX pago somente em caso de necessidade, como aos fins de semana em que as transações não costumam cair.

Para cadastrar o seu PIX, basta entrar no aplicativo do banco e na categoria PIX. Informe qual deve ser a sua chave e sempre que alguém desejar realizar uma transferência, informe-a.

Leia mais: Como transferir dólar para real? Confira plataformas

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui