26.9 C
Brasil
quinta-feira, 20 janeiro 2022
HomeFinanças & InvestimentosChuvas de granizo podem ocasionar aumento de preços ao prejudicar plantações (SC,...

Chuvas de granizo podem ocasionar aumento de preços ao prejudicar plantações (SC, MG, SP)

Nesta semana, o Brasil está enfrentando uma série de situações climáticas diversas: granizo em Santa Catarina (SC), chuva em excesso tanto em São Paulo quanto Minas Gerais e Bahia – o que ocasionou em prejuízo para mais de 400 mil famílias e 57 cidades em alerta. Como consequência, as plantações foram prejudicadas e isso pode impactar diretamente nos preços das safras liberadas em 2022. 

Em dezembro, é o momento em que os agricultores estão terminando de colher o fumo, que é utilizado para a plantação do tabaco, e também o milho – que é um dos aliados tanto para a alimentação brasileira quanto para os animais suínos e bovinos. 

“Ainda bem que a gente estava acabando de colher o fumo neste ano. Tiveram algumas pessoas que plantaram mais tarde e acabaram perdendo uma parte devido às chuvas. Foi desesperador e o pior é que não aconteceu somente aqui como em cidades grandes como Brusque e Itajaí”, afirma uma agricultora de Leoberto Leal, SC. “Somos impossibilitados de vender o fumo cheio de furos, todo quebrado. É praticamente o serviço perdido e o dinheiro jogado fora caso não se tenha seguro!”

Nesta quarta-feira (29), o milho está tendo alta de 0,05% em seu preço internacional, algumas plantações no setor foram prejudicadas. O aumento em apenas um ano é de 32,51%. 

Excesso de chuva e calamidade pública possibilita a liberação do FGTS – SC

Nesta semana, houve a liberação do saque emergencial do saldo do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) pela Caixa para as famílias que vivem em Minas Gerais e Bahia que foram prejudicadas pelo excesso de chuvas. O valor a ser liberado depende do saldo disponível na conta e serve como uma forma de auxiliar na recuperação ao comprar novos móveis e reestruturar algumas moradias que acabaram ficando abaixo da água.

Daiane Souza
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui