22.9 C
Brasil
segunda-feira, 19 abril 2021
Home Finanças & Investimentos Taxa Selic aumentou de 2% a 2,75% após 06 anos em decadência

Taxa Selic aumentou de 2% a 2,75% após 06 anos em decadência

Especialistas afirmavam que a única forma de conter as grandes altas do dólar seria controlar a inflação através da taxa Selic. Dessa forma, iria valer de 2% a 2,75%, um aumento de 0,75%. Como consequência, o povo brasileiro iria se sentir mais motivado a investir o dinheiro e os empréstimos teriam juros maiores, o que iria ajudar a retirar o real de circulação e deixar mais valorizado, fazendo com que o preço mude. 

Leia mais: Congresso derruba veto de Bolsonaro com impacto de R$ 4,8 bilhões

Um dos motivos do aumento dos alimentos foi a taxa Selic e o dólar. Com o alto dólar, os agricultores decidiram que iriam exportar em vez de importar: eles teriam a oportunidade de ganhar mais, consequentemente, os estoques de alimentos começaram a acabar e o preço aumentou: havia muito dinheiro em circulação, houve desvalorização do real e maior aumento do dólar – novamente – acompanhado com a inflação. Somente o óleo de soja teve o aumento de 86% enquanto o arroz registrou altas de 66%.

Leia mais: Como o aumento da taxa Selic pode impactar no preço dos celulares

Selic para investidores: será que vale a pena? 

Apesar do aumento dos juros, os especialistas em economia do site UOL argumentam que isso não seja tão positivo para os investidores de renda fixa. Isso porque outras taxas são maiores e os 2,75% não estão acompanhando a inflação real de 5,20%. Dessa forma, o investimento não iria valer o custo benefício.

O Banco Central argumenta que as taxas podem chegar a 5,25% até o mês de dezembro, o que pode ser ainda mais positivo para a população já que deve diminuir a inflação e o preço dos alimentos. De acordo com o BC, essa é a única forma para que haja o controle da moeda norte-americana. 

Leia mais: Ibovespa opera em alta e espera definições da Copom

 

 
Daiane Souza
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui