30.2 C
Brasil
sexta-feira, 30 julho 2021
HomeNegócios & EmpresasComo ser tradutor: confira sobre o mercado de trabalho

Como ser tradutor: confira sobre o mercado de trabalho

É comum que a maioria das pessoas que aprendem qualquer tipo de língua busquem sobre como ser tradutor no ramo acadêmico. O trajeto não é um dos mais simples, exige esforços e decisões importantes na carreira. Portanto, neste artigo o Manchetes do Dia preparou um guia completo sobre como funciona o mercado de trabalho, mitos, vantagens, dicas e muito mais!

Mas, antes, devemos lembrar sobre o que é o processo de tradução. Trata-se da decodificação de enunciados de uma língua de origem para a língua de destino. É um processo que não se limita apenas a uma análise sintática e lexical, já que o tradutor deve conhecer sobre a cultura da língua alvo, bem como suas gírias e expressões idiomáticas.

Trabalhar com tradução vai além de utilizar o Google Tradutor já que há contextos que essa ferramenta não consegue identificar, causando erros de coerência e problemas de compreensão do texto traduzido. Como exemplo, pode-se citar a música Blue da cantora pop Halsey: “And now I’m covered in the colors / Pulled apart at the seams / And it’s blue“. Alguém que usa o tradutor automático pode chegar em “e isso é azul” mas a tradução adequada seria “e isso é triste”. “Blue” pode significar tristeza e melancolia para os mais jovens. O mesmo princípio serve para traduções acadêmicas.

Qual o salário de um tradutor?

O mercado de trabalho está cada vez mais amplo e flexível, possibilitando que se encontrem possibilidades tanto no meio físico quanto digital, seja de forma freelancer ou registrada. Consequentemente, os valores mensais acabam variando de forma expressiva entre R$ 1100 até R$ 6500 para aqueles que possuem carteira assinada.

- Continua Depois da Publicidade -

No caso de autônomos, depende da quantidade de clientes, demandas, preço por palavra ou projeto. Apesar disso, o Sindicato Nacional dos Tradutores já estipulou uma média de valores que variam de R$ 0,45 até R$ 0,57 por palavra. Muitos tradutores, principalmente iniciantes, entendem que esses valores estão um pouco fora da realidade do mercado brasileiro e costumam cobrar quantias entre R$ 0,08 ou R$ 0,12.

O trajeto é recheado de mitos e verdades

A história carrega a cruz que “a Ditadura Militar foi uma revolução” e a biologia teve que lidar com o negacionismo em relação à Covid 19. Todas as profissões carregam mitos e verdades. No nosso caso não é diferente!

Ter morado em outro país não faz com que determinada pessoa esteja qualificada e habilitada para ensinar, analisar ou traduzir uma língua. Ensinar exige uma formação específica em licenciatura que traz consigo conteúdos relacionados a pedagogias e metodologias educativas. O processo de formação de um bacharel é diferente de uma licenciatura, mesmo que seja para a mesma área. Neste caso, deve-se aprender a integrar a  leitura e a escrita em línguas fonéticas.

Outra questão que deve ser ressaltada é a interpretação de um contexto. O ofício do tradutor requer desenvolvimento técnico para que se consiga decodificar símbolos complexos e transformá-los. Saber analisar um texto de forma crítica é importante para que se consiga encontrar erros e deixá-lo ainda mais compreensível para o público alvo. Dessa forma, apenas entender e compreender uma língua estrangeira não garante que alguém esteja habilitado para traduzi-la.

Mas, o que isso tem a ver com a tradução?

- Continua Depois da Publicidade -

Ensinar, interpretar e analisar requer formação técnica específica e vai além de saber falar apenas porque morou em determinado país. Aquele que traduz faz uso da linguística contrastiva e vai além da gramática: deve ser capaz de entender a linguagem de um ponto de vista técnico e estilístico. Esse é o primeiro passo para ser tradutor.

Como ser tradutor e as relações com a máquina

O preço para traduzir palavras pode variar dependendo do profissional, mas é comum estar entre R$ 0,08 e R$ 0,12. Dessa forma, a tradução de um pequeno artigo, que pode conter mais de 10 mil palavras, pode render uma boa quantia!

Não são todos os clientes que estão dispostos a pagar “um valor elevado pelo serviço” e preferem utilizar softwares como o Google Tradutor. Entretanto, como foi citado anteriormente com o exemplo da música, ele traduz ao pé da letra, sem levar em consideração o contexto e expressões idiomáticas específicas.

O processo de decodificação em máquinas começou a existir durante a Guerra Fria, devido à grande quantidade de informações soviéticas e estadunidenses. Não tardou que o mesmo processo fosse aplicado para a tradução e logo surgiu o Systran, primeiro software de tradução que foi disponibilizado para o público.

- Continua Depois da Publicidade -

Com as melhorias que tiveram ao longo dos anos, atualmente esses softwares traduzem frases mais simples e tradicionais em milisegundos. O problema está justamente nas expressões idiomáticas e gírias que, quando traduzidas de forma errônea pelo computador, deixam a frase inconsistente e sem coerência. Um software de tradução automática não entende a cultura como o ser humano. Pode valer a pena para trabalhos mais simples – contanto que haja uma pós-revisão sistemática – mas não para casos acadêmicos.

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui