34.7 C
Brasil
terça-feira, 22 junho 2021
HomeNegócios & EmpresasPara evitar apagão Bolsonaro edita decreto sobre contratação de usinas

Para evitar apagão Bolsonaro edita decreto sobre contratação de usinas

Foi criado uma nova modalidade para contratar usinas, com intenção de garantir o fornecimento de energia, principalmente em momentos mais críticos como de secas. A regulamentação deve ser publicada no Diário Oficial da União, porém, o presidente Jair Bolsonaro, fez algumas edições principalmente nas partes de leilões para contratar usinas de emergências.

Nesta sexta-feira (28), uma edição foi publicada no Diário Oficial, com toda a regulamentação sobre as maneiras que o governo pode contratar uma usina que tenha capacidade reserva para manter a potência da energia. Com isso, o governo pode contratar usinas novas de reserva, e acioná-las quando for preciso, devido a falta de energia.

Nova modalidade na contratação de usinas

O que foi editado para se tornar uma nova modalidade de contratação de usinas, com base na lei de número 14.120, onde o governo pode fazer leilões ao contratar novas fontes de energia. Os novos objetivos agora, é de que a nova demanda consiga garantir o suprimento de energia, para que não seja necessário fazer qualquer tipo de apagão. Algumas oscilações ainda acontecerão em relação a demanda que pode faltar, mas apagão para reduzir o consumo, é algo que o governo deseja evitar.

Além disso, muitas flutuações sobre oferta estão sendo avaliadas, com outras usinas que também podem ser capazes de suprir o fornecimento de energia elétrica. Agora que a contração foi editada pelo presidente, a reserva faz parte do sistema e tem capacidade para ser segura a estável por mais tempo, principalmente se pensar na ininterrupção do serviço.

- Continua Depois da Publicidade -

Leia mais: Reserva financeira e cautela são fundamentais para investir no Brasil

De acordo com o Ministério de Minas e Energia, essa nova definição é quem irá definir a quantidade de energia que a partir de agora será contratada. O Leilão será feito pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), porém a data ainda não foi revelada. O governo ainda não revelou quais serão os tipos de usinas contratas, com qual tipo de energia, mas a tendência é para que sejam as termelétricas, como de costume.

- Continua Depois da Publicidade -
 
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui