31.1 C
Brasil
sábado, 27 novembro 2021
HomeNegócios & EmpresasQual a importância dos cuidados em instalações elétricas industriais?

Qual a importância dos cuidados em instalações elétricas industriais?

Imagine que sua empresa planejou uma série de instalações elétricas para modernizar a sua produção. 

Para isso, entrou em contato com um fornecedor para conexões elétricas, como a BALLAST por exemplo, e adquiriu os principais equipamentos, montou um ótimo plano. Agora o próximo passo é colocá-lo em prática. 

Mas será que o seu time parou para pensar na importância dos cuidados em instalações elétricas industriais? Se não, é importante pensar nisso. 

Em primeiro lugar, eletricidade não é algo com que se possa brincar. Basta ver o fato de que 600 pessoas morreram de choques elétricos só no Brasil em 2019. 

- Continua Depois da Publicidade -

Isso significa que são mais de 2 mortes por dia causadas por esse tipo de coisa. E nem todas acontecem em ambientes residenciais: aliás, a maior prevalência de casos é no ambiente industrial. Por isso, é vital conhecer a importância dos cuidados em instalações elétricas industriais. 

Quer saber mais sobre o assunto? Então siga a leitura do artigo abaixo!

A importância dos cuidados em instalações elétricas industriais

Você sabe qual a voltagem necessária para um choque ser fatal para uma pessoa? 

Apenas 0,1 A. Isso mesmo: apenas 0,1 A já é o suficiente para causar paradas cardíacas e ser potencialmente fatal.

- Continua Depois da Publicidade -

Talvez você não tenha uma perspectiva do que isso signifique, mas vamos colocar as coisas em outros termos para ficar mais claro.

Imagine que você está em casa e sua tomada mais próxima é de 220 V, assim como praticamente qualquer outra tomada residencial. Você vai ligar o carregador do seu computador nela e toma um choque: havia algum problema ali e a corrente escapou para o seu corpo.

Considerando que você estava com a pele seca, o que gera bastante resistência elétrica (em um valor de 100.000 Ω), a força desse choque foi de aproximadamente 0,0022 A. Esse é um valor longe de 0,1 A, o que gera apenas um formigamento.

Agora vamos supor que você acabou de sair do banho, com o corpo ainda molhado e foi ligar o mesmo computador na mesma tomada. 

- Continua Depois da Publicidade -

Você novamente leva um choque. No entanto, com a pele molhada a sua resistência cai para 1.000 Ω. Na prática, aquela mesma voltagem de 220 V pode gerar um choque de 0,22 A, mais do que o dobro necessário para ser fatal.

Isso tudo acontece em casa, com uma única tomada de 220 V. No entanto, imagine a quantidade de riscos que uma instalação elétrica industrial, que usa voltagens muito maiores e correntes muito mais significativas, pode fazer.

Portanto, é vital ter cuidado com o fato de que choques elétricos são fatais, especialmente em escala industrial, em que as correntes são muito mais intensas.

Um problema simples, uma falha no conduíte, um detalhe, pode gerar um choque e causar uma fatalidade a um profissional de manutenção, um operário ou simplesmente um visitante que colocou a mão no local errado na hora errada. 

Como proteger todas as pessoas em instalações elétricas industriais?

Agora que já vimos a importância dos cuidados em instalações elétricas industriais, é hora de ver como proteger as pessoas nesses ambientes. 

O que é possível fazer?

O primeiro ponto é analisar a planta do local e ver como a construção foi feita, se materiais de qualidade foram usados e outros cuidados do tipo. 

A prevenção é sempre a melhor medida e a maneira mais completa de prevenir algo do tipo é verificar a instalação feita.

Em muitos casos, refazer toda a fiação pode ser mais econômico do que ter de pagar uma pensão em caso de algum acidente. Por isso, tenha em mente que a prevenção é ideal.

Após garantir que não existirão problemas de instalação ruim, o segundo ponto básico é alertar as pessoas dos riscos de maneira adequada. Ou seja, usar sinais visuais, sonoros e de outros tipos para que as pessoas saibam dos riscos e possam ter mais atenção para a prevenção. 

Esse cuidado simples é o suficiente para evitar muitos acidentes (e muitas empresas são condenadas em processos por não ter sinalização adequada).

O próximo passo é garantir equipamentos de proteção individual para todas as pessoas que precisarão trabalhar em potencial contato com a eletricidade. 

Isso inclui todos os profissionais de manutenção e também alguns operários, dependendo do tipo de trabalho daquela fábrica. 

Faça um levantamento dos profissionais em potencial risco e garanta equipamentos de segurança da melhor qualidade (lembre-se de que cada real gasto em prevenção vale por 2 ou 3 caso algo dê errado).

Por fim, busque também equipamentos de proteção coletiva, como pisos que isolam a eletricidade e outros cuidados específicos para cada contexto. Todas essas medidas reduzirão ao máximo as chances de acidentes elétricos em sua indústria.

Agora que você já viu a importância dos cuidados em instalações elétricas industriais, é hora de colocar esse conhecimento em prática na sua vida. 

Ou seja, é hora de estudar como otimizar o seu espaço de trabalho para garantir que ninguém estará em risco: nem os profissionais que trabalham diretamente em contato com os riscos elétricos e nem outras pessoas.

Daiane Souzahttp://visaoconfiavel.com/
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral. Atualmente, trabalha como redatora da agência jornalística Visão Confiável (http://visaoconfiavel.com/).

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui