Miami recebe 5 milhões de cruzeiristas e aposta em novos portos

67
Miami recebe 5 milhões de cruzeiristas e aposta em novos portos
4.7 (93.33%) 3 voto[s]

Miami, na Flórida (EUA), está prestes a ter um “boom” no mercado de cruzeiros em breve. O destino, que em 2018 recebeu 5 milhões de cruzeiristas, contará com novos portos construídos pelas próprias companhias marítimas, nos próximos anos.

A Norwegian Cruise Line e a MSC abrirão seus portos exclusivos em Miami em 2020 e 2022, respectivamente, sendo que a Royal Caribbean já opera um terminal exclusivo da marca, desde novembro de 2018.

Os respectivos terminais no destino possibilitaram a atracagem de mais navios, potencializando o fluxo de turistas do mercado de cruzeiros que conta com diversas saídas a partir do destino da Flórida e, principalmente, passagem por diferentes locais do Caribe.

“Cada porto das diferentes companhias marítimas trarão características distintas que trarão mais opções para os viajantes, podendo receber navios maiores”, apontou Joe Docal, diretor de vendas da Indústria de Viagens do Greater Miami CVB.

“Estamos em conversar com a Disney Cruise Line para saber se há a intenção de operar cruzeiros ao longo do ano e se eles também tem a intenção de construir um porto próprio na cidade”, apontou o executivo.

Continuar Lendo

O Greater Miami CVB levou a segundo rodada da sua missão de vendas pelo Brasil para São Paulo, nesta terça-feira (13). Reunindo 15 parceiros e cerca de 100 convidados entre operadores e agentes, o destino visa mostrar suas novidades e os diferenciais.

Dentre os parceiros, empresas de cruzeiros como a MSC, Norwegian Cruise e as empresas representadas pela R11 Travel, marcaram presença no evento que esteve em Fortaleza (CE) e ainda passará por Campinas (SP) e Curitiba (PR) nos próximos dias.

“Muitos viajantes que vão para Miami, principalmente da América Latina, querem ir para south beach e não exploram o destino como um todo. Queremos mudar essa percepção”, destacou Joe Docal.

“Temos notado uma crescente no volume de viajantes que começaram a visitar o centro de Miami, que concentra diversas opções de novos hotéis, restaurantes e uma vida noturna intensa”, concluiu.

Fonte: Brasilturis Jornal