Site que alerta sobre pirâmides financeiras diz que empresa de Ronaldinho Gaúcho é golpe

89
Site que alerta sobre pirâmides financeiras diz que empresa de Ronaldinho Gaúcho é golpe
4.7 (93.33%) 3 voto[s]

O site americano Behind MLM, que faz análises sobre empresas de marketing multinível, apontou a ‘18k Ronaldinho’ como uma suposta pirâmide financeira. A análise foi publicada na terça-feira (03) com o título “Negócio de relógios falido se transforma em Ponzi com criptomoedas”.

A empresa, cujo embaixador é o ex-jogador da Seleção Brasileira Ronaldinho Gaúcho, oferece investimentos com promessa de retornos diários de até 2%.

No Brasil, após uma denúncia, a empresa também passou a ser investigada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O processo 19957.006007/2019-82 (SP2019/360) já corre na Gerência de Orientação aos Investidores (GOI) desde 05 de junho deste ano.

De acordo com a 18kRonaldinho, os rendimentos vêm de operações de arbitragem com criptomoedas e investimentos em bolsa de valores. No entanto, diz Behind MLM, “não há evidências de que 18kRonaldinho participe de alguma dessas atividades”.

A 18kRonaldinho foi criada após o fiasco da misteriosa criptomoeda ‘Ronaldinho Soccer Coin’ (RSC), lançada no ano passado. O produto não teve sucesso.

A nova empresa se apresenta como MMN e oferece planos que vão de US$ 150 a US$ 1.200 (R$ 600 a R$ 4.800 aproximadamente). Se o associado preferir, pode adquirir relógios, mas com ganhos menores, 0,99% ao dia.

Aliás, a marca do relógio foi criada pelo empresário Marcelo Lara, que junto com o atleta fundou a 18kRonaldinho — a princípio, o negócio com relógios parecia ser a chave do negócio.

Contudo, o foco não é o produto. Quando o diretor Athos Trajano fez um discurso em uma palestra ele disse que o foco era chamar as pessoas e não divulgar muito o produto.

“Nem faço propaganda do relógio”, ressaltou na ocasião, em reunião no dia 21 de março em São Paulo. A informação veio do site UOL, que enviou um repórter para acompanhar o evento.

Os afiliados da 18kRonaldinho recebem 7% dos fundos investidos por afiliados que eles colocam na rede — o chamado marketing de rede.

Conforme alcançam suas metas eles podem ganham celulares, viagens e carros de luxo. De todos os associados é cobrada mensalmente uma taxa de US$ 30 (R$ 120) para se manterem ativados.

“Independentemente de qual opção for escolhida, o 18K Ronaldinho paga diariamente aos afiliados por 200 dias. Quando visitei o site do 18K Ronaldinho pela primeira vez, pensei que fosse algum tipo de brincadeira”, escreveu o site.

Continuar Lendo

Em um vídeo promocional, uma frase de Ronaldinho chama a atenção. O texto diz que ele criou a empresa por gratidão e para dar oportunidade de seus fãs prosperarem — há também um vídeo no Youtube com detalhes sobre o negócio.

Em julho, Comissão de Valores Mobiliários (CVM) mandou suspender as atividades de Forex da LBLV, empresa que tinha como garoto propaganda o jogador.

O órgão regulador emitiu o ato declaratório 17.263/2019 após verificar que a LBLV estaria promovendo captação irregular de clientes para a realização de operações com derivativos em geral e no denominado mercado Forex, proibido no Brasil.

Mais recentemente, a Justiça do Rio Grande do Sul bloqueou 57 imóveis no nome de Ronaldinho. Segundo a Folha de São Paulo na ocasião, o jogador acumula milhões em dívidas oriundas de multas e impostos.

Com o passaporte retido pela Justiça, Ronaldinho não pode deixar o país. Mas isso é referente a um processo de crime ambiental em Porto Alegre. Ele e o irmão mais velho, Roberto de Assis, foram condenados em 2015.

Mesmo sem passaporte, Ronaldinho virou embaixador do turismo no Brasil. Nomeado na quinta-feira (05) pela autarquia especial do Ministério do Turismo, Embratur, o ex-jogador agora vai divulgar voluntariamente o Brasil e suas belezas em nas redes sociais.

Dentre as ações previstas, está a criação de um reality show, chamado de ‘Rei do Rolê’. Nele, escreveu a Folha, os estrangeiros enviarão vídeos de até um minuto no qual deverão explicar porque merecem passar 30 dias conhecendo o Brasil de graça.

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Fonte: Portal do Bitcoin