24.4 C
Brasil
quinta-feira, 6 maio 2021
Home Política & Poder Autoridade Palestina planeja eleições parlamentares após uma década

Autoridade Palestina planeja eleições parlamentares após uma década

De acordo com o jornal russo, as eleições nacionais da Palestina foram adiadas por 5 anos. Isso ocorre porque a predominância de Israel sobre o local está vetando as possibilidades para que os muçulmanos consigam desenvolver políticas públicas e votem em parlamentares. 

Os conflitos ficaram ainda mais intensos no dia 22 de abril quando um grupo de israelenses com 300 pessoas saiu para as ruas a fim de queimar os árabes. Como forma dos muçulmanos para se defenderem, tentaram usar vidros e pedras, mais de 100 deles foram feridos. 

Após isso, os conflitos ficaram ainda mais violentos e não pararam de ocorrer. É comum que durante a noite também se realizem protestos e incendiem monumentos. No dia 22, os judeus estavam indo para a Mesquita, onde deveriam estar os muçulmanos, e pretendiam entrar em zona de confronto literal. 

Os policiais não estão permitindo que os palestinos (muçulmanos) possam fazer suas reuniões como define a cultura e a religião do povo: sempre, após o Jejum, devem estar no templo para comemorar. 

Ambos os grupos reivindicam Jerusalém e argumentam que ela deve ser a capital. Justamente por isso, não se consegue eleger ninguém a não ser em escala localizada. 

Hamas na Palestina

Os Hamas, movimento islamista palestino, desejam que as eleições sejam realizadas em maio e o mais breve possível. As fontes egípcias argumentam que os partidos devem criar um governo em escala nacional no qual Hamas deve estar incluído. 

De acordo com a Comissão Eleitoral Palestina, 6.000 pessoas devem votar em Jerusalém Oriental por meio de votos expressos nos correios israelenses e mais de 150 mil sem a aprovação do governo. 

Entretanto, Israel afirmou que não deve sabotar as eleições e irá respeitar a decisão do povo. Ainda restam dúvidas se isso realmente deve acontecer. O grupo é criticado por cometer crimes contra a humanidade.

Leia mais: Por que a esquerda defende a Palestina e direita defende Israel?

 
Daiane Souza
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui