27.9 C
Brasil
sábado, 31 julho 2021
HomePolítica & PoderBanqueiros rompem com Bolsonaro, mas maioria dos empresários o apoia

Banqueiros rompem com Bolsonaro, mas maioria dos empresários o apoia

Economistas e banqueiros começam a cobrar medidas mais restritivas do presidente Jair Bolsonaro em relação à pandemia. Ao todo, são mais de 500 assinaturas espalhadas por todo o Brasil. De acordo com o BBC News, a carta enviada possui mais de 2700 palavras e pode ser dividida em duas categorias. Em suma, pedem que tome uma atitude em relação à Covid 19. 

Ao todo, são quase 300 mil óbitos e a média diária móvel de mortes já chegou a 2255. As autoridades brasileiras já alertam sobre os perigos de uma possível falta de oxigênio, leitos de muitas cidades já se encontram com 100% da ocupação e causam filas de espera com mais de 400 pessoas. 

Enquanto isso, o PIB também deve ser afetado, principalmente pelo corte de salários dos servidores para que haja uma nova leva do auxílio emergencial. Dessa forma, professores, policiais e secretários podem se sair prejudicados e, de acordo com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Produto Interno Bruto pode chegar a diminuir cerca de 1,4%.

O país chegou à dívida de R$ 5 trilhões e, com o fim do auxílio emergencial, mais de 22 milhões de pessoas foram consideradas como na zona de pobreza, um aumento considerável de 30%. 

Vacinação e Jair Bolsonaro

- Continua Depois da Publicidade -

A carta acrescenta que menos de 5% da população recebeu, pelo menos, uma dose da vacina. Devido à falta de respeito com o isolamento, há o receio, por parte dos cientistas, que as novas variantes não consigam ser combatidas. 

Reforçaram a ideia de que Bolsonaro não respeitou o que previa a ciência e chegou a indicar medicamentos sem a mínima comprovação, como foi o caso da cloroquina. O texto foi publicado, inicialmente, pela plataforma jornalística BBC. É possível também ler a carta aberta para a população ao clicar aqui

Leia mais: 

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui