20.4 C
Brasil
quinta-feira, 24 junho 2021
HomePolítica & Poder"Bolsonaro ataca as florestas e mancha imagem", diz Paulo Pimenta

“Bolsonaro ataca as florestas e mancha imagem”, diz Paulo Pimenta

Paulo Pimenta, em suas redes sociais, argumentou que nos governos de Lula e Dilma, havia motivos para celebrar, criticou também o governo Bolsonaro.  A publicação, que pode ser encontrada em suas redes sociais, vem acompanhada de um vídeo em que mostra a satisfação com o governo e os menores índices de poluição e desmatamento da Amazônia. 

Em abril, a Amazônia teve um dos maiores índices de desmatamento de todos os últimos anos. O presidente Bolsonaro havia se manifestado na cúpula do clima que iria acabar com o desmatamento até o ano de 2030 se os outros países ajudassem financeiramente. 

Durante o depoimento do presidente na Cúpula do Clima, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, não estava presente no local. 

- Continua Depois da Publicidade -

De acordo com Paulo Pimento, em sua mesma publicação, o presidente Bolsonaro está manchando a reputação brasileira no exterior. 

No mês de maio e abril, ocorreram um dos maiores escândalos naturais dos últimos tempos em que Ricardo Salles estava exportando madeira ilegal para os Estados Unidos. Durante as investigações do ministro do Meio Ambiente, Salles tentou intervir a favor dos criminosos e barrar o andamento das descobertas. 

Anitta, uma das cantoras de funk no Brasil, também se manifestou e tirou satisfação nas redes sociais. Ela foi respondida pelo próprio ministro que argumentou que a mesma nunca fez nada para o país e que não estava no direito de exigir. 

Com o escândalo da exportação, o dólar voltou a apresentar novos aumentos. Felizmente, voltou a cair após alguns dias e alcançou uma desvalorização maior que 4%. Nesta segunda-feira (07), a moeda norte-americana começou o dia custando na faixa de R$ 5,4. 

Bolsonaro é alvo de críticas

- Continua Depois da Publicidade -

Bolsonaro é alvo de críticas internacionais pela forma como lida com o desmatamento da Amazônia e também pelas mortes da Covid-19 que chegaram a 473 mil. Acredita-se que, se continuar neste ritmo, o país pode chegar a meio milhão de óbitos até o fim de junho. 

 

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui