20.5 C
Brasil
sábado, 19 junho 2021
HomePolítica & PoderBolsonaro diz que tirou verba do MST: “Propriedade privada é sagrada”

Bolsonaro diz que tirou verba do MST: “Propriedade privada é sagrada”

O Movimento dos Sem Terra realiza a ocupação de latifúndios que não estão sendo utilizados para a plantação ou cuidado de animais. O intuito é formar grupos para que consigam dominar o local e tenham direito a uma propriedade. O presidente Bolsonaro afirmou que tirou o apoio do grupo ao alegar que a propriedade é sagrada.

Com o espírito liberal, nunca defendeu as pautas de esquerda como a reforma agrária e muitos outros pontos relevantes. Atualmente, também existe o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto que é bastante semelhante ao MST mas voltado para as cidades e o urbano: luta-se pela diminuição dos preços de aluguel e também pelo direito à moradia e casa digna. 

Argumentou, ainda por cima, que com a facilitação da compra de armas pelos proprietários de latifúndios, deve ser ainda mais difícil que se consigam pegar pedaços de terra. 

Bolsonaro e tom de deboche

Em tom de deboche, o presidente Bolsonaro perguntou se o movimento dos sem teto estava mais devagar. Após isso, disse que tiraram as verbas das ONGS que participaram e que não terão como invadir propriedades que não lhes pertence. 

A lei que foi publicada no ano de 2019 argumenta que todos que vivem no campo e possuem mais de 25 anos podem comprar uma arma de qualquer calibre. No entanto, agora foi anulada a exigência do Estatuto do Desarmamento que exigia que o indivíduo comprovasse que corre riscos no local e que precisaria de formas para se defender. 

Os latifúndios são grandes pedaços de terra que são usados para plantação. No entanto, em grande parte dos casos, os empresários sequer conseguem plantar em todo o território, que fica parado sem ser utilizado. 

Atualmente, o INGRA é um dos órgãos responsáveis pelas zonas rurais. 

Leia mais: Bolsonaro veta projeto que adiava prazo de entrega do IR

 

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui