28.5 C
Brasil
quarta-feira, 26 janeiro 2022
HomePolítica & PoderBolsonaro sancionou lei que transforma stalkear em crime

Bolsonaro sancionou lei que transforma stalkear em crime

Hoje (01), o canal Veja publicou a notícia de que o presidente Jair Bolsonaro havia sancionado a lei que tornava stalkear um crime. O stalker é a pessoa que persegue outras em redes sociais ao ver o perfil de amigos, fotos, comentários e muitos outros aspectos de forma descontrolada. 

Já no dia 10 de dezembro, o G1 havia publicado que o projeto de lei teria sido aprovado na Câmara dos Deputados e que teria que para o presidente Jair Bolsonaro assinar. O projeto afirmava que o ato poderia causar punições perante a lei caso constranger, humilhasse ou restringisse alguém em sua capacidade de locomoção ou mental. 

Além disso, o texto previa que houvesse a reclusão de um a quatro anos de prisão juntamente com a multa que seria estabelecida. Outro ponto de destaque é que, se for usada arma, a pena pode aumentar. 

Vale ressaltar, entretanto, que apenas olhar o perfil de um amigo ou familiar não é crime. Entretanto, chantagear ou usar algo que viu para desmerecer o outro pode ser. Os famosos geralmente sofrem mais com esse tipo de caso já que possuem mais seguidores. Mas é bastante comum que, com o fim do relacionamento, o (a) ex fique agressivo (a) e tente “bisbilhotar”, fazendo chantagens ou ameaças, por exemplo. 

Stalkear nem sempre é positivo

Ao olhar o perfil de outra pessoa com muita frequência, o indivíduo deve estar ciente que pode ver coisas que não gostaria. Dessa forma, pode acontecer de ter crises de ansiedade e até mesmo de depressão. Psicólogos e psiquiatras não recomendam que isso ocorra, principalmente quando há o fim de um relacionamento ou perda.

Leia mais:

Daiane Souza
Formação em jornalismo pela Uniasselvi. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui