28.8 C
Brasil
quinta-feira, 5 agosto 2021
HomePolítica & PoderBolsonaro veta projeto que daria internet grátis a alunos e professores

Bolsonaro veta projeto que daria internet grátis a alunos e professores

Os senadores e deputados haviam aprovado um projeto de lei em que aprova o pagamento de internet grátis para os professores e alunos de escola pública que não tivessem condições de pagar. Entretanto, o presidente Jair Bolsonaro vetou a proposta e a ação foi publicada hoje pelo Diário da União. 

Ele alegou que o país passa por dificuldades financeiras e que não há como aprovar. Vale ressaltar que o país já possui uma dívida de R$ 500 trilhões que aumentou em 0,99% em janeiro. Enquanto isso, há um cartão misterioso e sigiloso no Portal da Transparência que consta gastos acima de R$ 3 milhões. 

O Brasil está enfrentando uma grande crise sanitária e, para aprovar alguns benefícios como o auxílio emergencial por quatro meses, terá que aprovar a PEC Emergencial que permite o corte em investimentos na educação, saúde e até mesmo no salário dos servidores que pode diminuir 25%. Os policiais já ameaçam o Estado de uma possível greve por causa dessa “desvalorização da profissão”.

Os líderes argumentam que, quando votaram no presidente Bolsonaro, não imaginavam que iriam chegar nesta situação. Segundo eles, acreditavam que iriam entrar nas emendas assim como os militares, mas não foi isso que aconteceu. 

Mais sobre o projeto e o veto de Bolsonaro

- Continua Depois da Publicidade -

O projeto iria emprestar cerca de R$ 3,5 bilhões aos estados para que ajudassem a pagar a internet dos alunos. Os primeiros beneficiados seriam aqueles que escola pública em que a família deveria estar cadastrada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Após isso, entraram outros para a fila como aqueles cadastrados em comunidades indígenas e quilombolas. Neste caso, os professores da educação básica também teriam direito ao benefício. 

Leia mais:

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui