25.1 C
Brasil
terça-feira, 27 julho 2021
HomePolítica & PoderCarlos Bolsonaro: "pessoas não falecem mais de tuberculose como antes"

Carlos Bolsonaro: “pessoas não falecem mais de tuberculose como antes”

Carlos Bolsonaro, filho do presidente da República e deputado federal, publicou em suas redes sociais: “pessoas não falecem mais de tuberculose como antes”. O intuito de sua declaração é criticar o alto número de mortes da Covid-19 em tão pouco tempo. De acordo com ele, não vê mais nenhum relato de casos de infartos e até mesmo assassinatos. Faz, indiretamente, o uso do famoso ditado surgido na pandemia “agora só morrem de Covid-19”. 

Ele e a sua família criticam de forma intensa o isolamento e o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, argumenta que essas medidas são contra a liberdade individual. Para Queiroga, existem outras formas de conter o avanço do vírus e o governo deve começar a vacinar mais de um milhão de pessoas todos os dias.

Atualmente, são mais de 331 mil mortes da doença e 13 milhões de casos e, se acordo com estudos realizados na Universidade de Washington, em abril devem morrer mais de 100 mil pessoas com a doença no Brasil.

A oposição critica o presidente e a família por crime de responsabilidade já que sempre recomendaram medicamentos sem eficácia comprovada como a cloroquina. Hoje (05), o presidente Jair Bolsonaro publicou em suas redes sociais um vídeo do prefeito de Chapecó, Santa Catarina, que afirmava que a cidade possui um laboratório exclusivo para o tratamento precoce e elogiava os outros prefeitos que fizeram o mesmo. 

Venezuela criticou Bolsonaro sobre a Covid-19

- Continua Depois da Publicidade -

O presidente da Venezuela, Maduro, argumentou que as variantes deveriam se chamar “Bolsonaro” e que o país deveria frear as fronteiras. O Uruguai pretende fazer o mesmo após notar um aumento repentino de casos nas fronteiras com o Brasil. O presidente está virando alvo de críticas até mesmo no Financial Times, que publicou uma matéria exclusiva para assinantes sobre ele e como a economia se encontra prejudicada. 

Leia mais: Covid-19: Universidade de Washington prevê 100 mil mortos no Brasil em abril

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui