20.4 C
Brasil
quinta-feira, 5 agosto 2021
HomePolítica & PoderCarlos Moisés, governador de SC, causa polêmica ao proibir linguagem neutra: "retrocesso"

Carlos Moisés, governador de SC, causa polêmica ao proibir linguagem neutra: “retrocesso”

O governador Carlos Moisés, governador de SC que foi acusado de realizar a compra milionária em respiradores que não chegaram ou chegaram com defeitos (sem contar com os preços superfaturados), proibiu através de um decreto, o uso da linguagem neutra nas escolas. No Twitter, as opiniões se dividiram entre o “parabéns” e o “retrocesso”. 

O governador, que já passou por processos de impeachment, tem estilo conservador e venceu as eleições no ano de 2018 devido ao apoio do presidente da República, Jair Bolsonaro. O Partido dos Trabalhadores, PT, não apoiou a decisão e entrou com novos processos, nesta semana, para que seja revogada. 

- Continua Depois da Publicidade -

A linguagem neutra se trata de falar com o indivíduo e se referir a ele sem usar o gênero. Por exemplo, em vez de escrever ELE e ELA, escrever ELX. Críticos argumentam que essa tentativa de mudar a língua portuguesa para ser “inclusivo” com pessoas que não se identificam nem com o masculino e nem com o feminino, pode ser uma atitude exclusiva com pessoas que sofrem com dislexia e até mesmo autismo, que conta com dificuldades de aprendizagem. 

Carlos Moisés

Existem grupos que defendem a mudança total da língua, deixando-a neutra, com o argumento que a língua portuguesa muda: é fato que ela muda, mas a mudança deve ser espontânea e lenta, não ocorre de forma radical e forçada.

Quem defende a mudança radical para o linguagem neutra não leva em consideração que existem pessoas sem acesso a educação de qualidade e que estaria sendo excluído destas mudanças. Deve-se também levar em consideração as pessoas mais velhas que foram educadas na língua atual e nos professores de letras. 

- Continua Depois da Publicidade -

Há ainda os menos radicais que defendem o uso de linguagem neutra somente para pessoas que não se identificam com o sexo em vez de toda a população usar. 

 Leia também: História é neutra? O próprio tema de estudo já diz muita coisa!

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui