20.8 C
Brasil
sábado, 17 abril 2021
Home Política & Poder Ciro Gomes: quem é, biografia e formação

Ciro Gomes: quem é, biografia e formação

Ciro Ferreira Gomes é natural de Pindamonhangaba, estado de São Paulo, e é filho de José Euclides Ferreira Gomes Júnior e de Maria José Santos. Lá ele nasceu em 6 de novembro de 1957, mas mudou-se ainda aos 4 anos de idade para a cidade de Sobral, no Ceará, onde o seu pai, um Defensor Público e bastante ligado ao comércio, possuía as suas raízes familiares.

As origens de Ciro estão diretamente ligadas ao funcionalismo público e ao comércio, porém a sua vocação mesmo sempre foi o direito; tanto assim que, após concluir o atual ensino médio em uma escola pública de Sobral, mudou-se para fortaleza e ingressou, em 1976, no curso de direito da Universidade Federal do Ceará (UFC) após ter sido o 1º colocado no vestibular.

Ciro Gomes sempre se disse um político mais ligado à esquerda católica, tendo como um dos “padrinhos” políticos o falecido Leonel Brizola (PDT-RG). Por isso, logo cedo, ele filiou-se a um grupo estudantil com essas características, o “Habeas-Corpus”, e em 1979 candidatou-se a vice-presidente da UNE (União Nacional dos Estudantes), para depois retornar a Sobral aos 23 anos, onde sempre sonhou iniciar a sua trajetória política.

Ciro Gomes: Perfil e personalidade política

Já em Sobral, Ciro Gomes decide aceitar o cargo de Procurador do Município, a pedido do seu pai, que àquela altura era prefeito da cidade. Até então ele dedicava-se apenas às funções de advogado e professor universitário, e somente em 1983 estreou efetivamente no universo político, ao ter sido o deputado estadual mais votado da cidade, com cerca de 11.600 votos.

Mas isso fora só o começo! pois ele ainda se tornaria prefeito de Fortaleza-CE em 1989, pelo PSDB; o 2º mais jovem governador do Brasil, em 1990, pelo estado do Ceará; além de Ministro da Fazenda do governo Fernando Henrique (de 1994 a 1995) e também algumas vezes candidato à presidência da República.

E tudo isso sempre como uma das grandes promessas do cenário político brasileiro, muito por conta da sua densa bagagem intelectual, perfil combativo e inteligência acima da média; apesar de também chamar a atenção por uma certa propensão à rejeição em nível nacional, justamente em razão dessa falta de “tato” e de jeito na hora de lidar com as palavras.

Leia mais: Marcelo Queiroga descarta lockdown como política contra Covid

 

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui