19.5 C
Brasil
terça-feira, 18 maio 2021
Home Política & Poder Comandantes das três Forças Armadas saem do cargo após trocas de Bolsonaro

Comandantes das três Forças Armadas saem do cargo após trocas de Bolsonaro

Essa é a maior crise militar obtida desde o ano de 1977: hoje (30), os três comandantes das Forças Armadas pediram a demissão em forma de protesto contra o presidente Jair Bolsonaro. Neste contexto, tanto o Exército, Marinha e Aeronáutica estão sem um líder de comando. Ambos saíram juntos com uma decisão inédita. 

Todos afirmaram que os militares não estão em busca de atitudes golpistas mas buscam formas de saírem da crise atual que foi provocada tanto pela pandemia quanto pelos conflitos políticos. A notícia inicial foi publicada pelo Estadão. A saída de Azevedo, que era o Pivô entre as uniões, foi impactante e os militares não aceitaram outro para colocar no lugar.  Ontem (29), o presidente Jair Bolsonaro havia realizado uma série de reformas e trocas de ministros para que colocasse no lugar pessoas de sua confiança. 

Queda de popularidade de Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro vem perdendo a popularidade de forma constante, seja entre os banqueiros ou as zonas periféricas. De acordo com o DataFolha de janeiro, a rejeição do mesmo era de 58% nas periferias. Os banqueiros e empresários também contestam a crise e pedem que haja alguma atitude para que a economia continue andando para a frente. Em uma carta encaminhada a Jair Bolsonaro, citaram a decadência do PIB e as atuais políticas inviáveis. 

O fim do auxílio emergencial fez com que 22 milhões de pessoas ficassem na linha da pobreza sem ter condições de realizar compras e pagamentos básicos. Além disso, o governo estava sendo julgado pela mídia de desvio de verbas ao encontrar gastos milionários em leite condensado, gasolina e dezenas de pagamentos sigilosos de R$ 1000 em um único cartão corporativo. Após Flávio Bolsonaro comprar uma mansão com o valor que o mesmo é acusado de desviar das rachadinhas, a situação ficou ainda mais delicada. 

Leia mais: Queiroga defende a autoridade médica e recomenda medicamento sem eficácia

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui