36.9 C
Brasil
sábado, 25 setembro 2021
HomePolítica & PoderCPI: confira calendário de interrogações para essa semana

CPI: confira calendário de interrogações para essa semana

A CPI, Comissão Parlamentar de Inquérito, dura há mais de 4 meses e, até o momento, conta com um documento com mais de mil páginas em relação a possíveis crimes cometidos pelo governo do atual presidente Bolsonaro durante a pandemia da Covid-19, que deixou mais de meio milhão de mortos. 

Estima-se que o ato final de interrogatórios, antes da CPI ser fechada, seja com famílias que foram vítimas da doença através da falta de oxigênio ou omissão do governo. 

Os depoimentos desta semana devem começar a partir da próxima terça-feira (24) com Emanuel Catori e devem se estender para Roberto Pereira Ramos Júnior, que atuava como presidente do FIB Bank, na quinta, Francisco Araújo. 

De acordo com o portal Extra, as pessoas que estão sendo chamadas para depor mostram que a Comissão se tornou irrelevante perante os depoimentos. Já o Poder 360, compartilhou o depoimento de Randolfe, vice da CPI, que disse que seria uma pena que ela terminasse em nada. 

- Continua Depois da Publicidade -

A Comissão Parlamentar de Inquérito já realizou algumas descobertas importantes em relação a um possível gabinete paralelo no qual Bolsonaro participava e recebia orientações em relação à compra das vacinas da Covid-19 e também para o tratamento precoce. 

Além disso, outra descoberta é em relação a um possível desvio de verbas para a compra das vacinas da Astrazeneca, no qual o governo poderia desviar cerca de US$ 1 para cada dose, valor respectivo a R$ 5 que seria equivalente a R$ 5 milhões de verbas a cada um milhão de doses compradas. 

Se for comprovado que o atual governo Bolsonaro realizou crimes de responsabilidade, ele pode ser punido judicialmente e impedido de se candidatar para as eleições no ano de 2021, no qual deve concorrer o petista e ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, que teve nesta semana, seus processos do sítio de Atibaia cancelados e arquivados devido à “parcialidade do Ministro Moro”. 

 
Visão Confiávelhttp://visaoconfiavel.com/
Visão Confiável é uma agência com jornalistas independentes que estão dispostos a fornecer informações em tempo real e com qualidade. Contamos com uma agência de redatores. Entre em contato!

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui