18.5 C
Brasil
quinta-feira, 5 agosto 2021
HomePolítica & PoderCPI: Covaxin era vendida com superfaturamento de 50% e propina de US$...

CPI: Covaxin era vendida com superfaturamento de 50% e propina de US$ 1 por dose

Nesta quarta-feira (07), a CPI está contando com o depoimento de Roberto Ferreira Dias, que foi acusado por uma testemunha de oferecer a propina de US$ 1 por dose vendida: o governo estava negociando mais de 400 milhões de doses enquanto ignorava as ofertas de Pfizer e de outras desenvolvedoras. 

O Ministério da Saúde ignorou mais de 50 e-mails da Pfizer oferecendo as doses a preço de custo enquanto estava pensando na compra de vacinas que custavam mais de US$ 17. “US$ 17 é compatível com o mercado?”, questionou um dos senadores na CPI. 

“Eu não sei lhe dizer se US$ 17 é cara ou não”, disse Roberto ao dizer que não verificou o preço de outras vacinas e que não conhece o mercado. Segundo ele, também não houve investigação de quais países teriam negociado com a empresa. 

As doses com a empresa estavam sendo negociadas, de acordo com os senadores, antes mesmo da empresa começar a existir. Além disso, havia um superfaturamento de 50% no preço, as negociações ocorriam no preço de US$ 10 (tendo em vista o dólar a R$ 5, custaria R$ 50) e nos papéis foram para US$ 15. 

- Continua Depois da Publicidade -

Roberto se recusa ter negociado com Blanco. Entretanto, existem e-mails e até mesmo provas de que se reuniu em um restaurante no sábado à noite com o mesmo. Disse que nunca participou de nenhuma negociação com a Covaxin e que nunca trocou mensagens e conversas. 

Na próxima sexta-feira (09), a CPI deve contar com a participação do ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson, que foi acusado de desviar as verbas que eram enviadas, em escala federal, para a Covid-19. Em seu primeiro depoimento, que durou pouco mais de 3 horas, disse que os culpados do alastramento da doença no estado foram o presidente Bolsonaro e os deputados. 

A transmissão está sendo realizada ao vivo através do TV Senado e conta com mais de 70 mil telespectadores no Youtube. 

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui