34.1 C
Brasil
segunda-feira, 26 julho 2021
HomePolítica & PoderCPI não lança novos calendários de depoimentos, o que está ocorrendo?

CPI não lança novos calendários de depoimentos, o que está ocorrendo?

A CPI, comissão de inquérito da Covid-19, não marcou novos depoimentos para interrogar testemunhas e réus. Estima-se que os senadores estejam avaliando o caso para descobrir quais são as pessoas que devem ser chamadas nos próximos dias e, dessa forma, chamar figuras chaves para as investigações. 

Apesar do portal TV Senado não estar publicando mais atualizações sobre a comissão (que era transmitida ao vivo), as investigações continuam ocorrendo e já se pôde descobrir uma variedade de informações relevantes. 

Se for comprovado que o presidente da República, Jair Bolsonaro, cometeu crime de responsabilidade, o mesmo pode ser incriminado e impedido de se candidatar para as eleições de 2022, em que deveria concorrer contra o petista Luiz Inácio Lula da Silva.  O presidente da CPI já pediu para que os mais de 120 pedidos de impeachment contra Jair fossem lidos em escala nacional para analisarem se realmente são “irrelevantes”, como argumenta o presidente da Câmara, Arthur Lira. 

CPI: pontos importantes que já foram descobertos

Os senadores da CPI descobriram que o governo Bolsonaro estava negociando as vacinas da Covid-19 com uma empresa indiana, a Covaxin, e que estava tendo a Precisa como intermediária.

- Continua Depois da Publicidade -

Os preços da vacina indiana estavam superfaturados em mais de 50%.  Além disso, um servidor público (Santana), acusou o governo de estar desviando propinas para a compra da Astrazeneca, que chegaria a cerca de u$ 1 para cada dose que fosse negociada. Logo, o total desviado seria de R$ 5 milhões para cada milhão de doses. 

Figuras importantes já foram interrogadas, inclusive todos os ministros da Saúde durante o governo do presidente Bolsonaro: Mandetta, Teich, Pazuello e Queiroga. Tanto Pazuello quanto Queiroga foram chamados por duas vezes para que prestassem o depoimento e os senadores pudessem encontrar possíveis contradições. 

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui