28.9 C
Brasil
terça-feira, 3 agosto 2021
HomePolítica & PoderCPI: senador acusa quem contraria lockdown de assassino

CPI: senador acusa quem contraria lockdown de assassino

Um dos senadores da CPI contestou Osmar Terra, deputado, sobre ter defendido o tratamento precoce e a imunidade de rebanho. De acordo com os senadores da CPI, quem contrariou o lockdown também tem parte na quantidade de brasileiros mortos. Osmar é visto como padrinho do gabinete paralelo. 

“Nenhum brasileiro que teve a ousadia de contrariar o lockdown (…) essas pessoas são participantes de assassinato (…) essas pessoas que foram para o Twitter comemorar! (…) Os fortes viverão e os fracos morrerão, como disse o presidente Bolsonaro. (…) Isso aconteceu, isso é histórico, eu não discuto com a ciência. (…) Comprar com H1N1 (…) Há uma diferença muito grande entre epidemia e pandemia” disse um senador. 

“Se o governador tivesse mantido o lockdown, talvez não acontecesse isso que aconteceu na Amazônia”, terminou, ao defender o isolamento social.

A imunidade de rebanho acontece quando grande parte da população foi infectada e criou os anticorpos para a vacinação. 

- Continua Depois da Publicidade -

Na semana passada, o governador do Amazonas deveria depor, mas disse que não poderia porque houve um aumento repentino de casos no estado. O ex-governador do Rio de Janeiro, que está fora do cargo após ser acusado de corrupção, depôs e colocou a culpa das mortes do RJ no presidente Bolsonaro. Segundo ele, não houve apoio da escala federal no tratamento da Covid-19. 

Cloroquina e CPI

O Brasil ultrapassou a faixa de 500 mil mortes pela Covid-19. Enquanto isso, cerca de 30,3% da população recebeu uma dose da vacina, valor este que é equivalente a 64 milhões de brasileiros. 

Em relação à segunda dose, apenas 24 milhões de pessoas receberam. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, foi contestado pela CPI sobre estar vacinando as pessoas com o período de tempo errado. 

A CPI está sendo transmitida ao vivo pelo portal TV Senado no Youtube. Na manhã desta terça-feira (22), foram mais de 50 mil pessoas assistindo, um número muito maior de telespectadores que nas interrogações anteriores. 

- Continua Depois da Publicidade -

 

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui