20.8 C
Brasil
sábado, 17 abril 2021
Home Política & Poder FMI alega que países ricos podem usar impostos para reduzir desigualdades

FMI alega que países ricos podem usar impostos para reduzir desigualdades

De acordo com informações reveladas nesta quinta-feira (1), o Fundo Monetário Internacional, ou FMI, tem dinheiro e economia o suficiente, podendo usar parte de seus impostos que rendem progressivamente, e até as propriedades para ajudar países que se encontram em situações difíceis pela desigualdade causada pela pandemia e a Covid-19.

Quem fez essa observação foi um dos monitores fiscais que avaliou, que tanto as desigualdades que já existiam antes da pandemia, como a dificuldade em ter acesso a educação, saúde e infraestrutura em tempos atuais, podem gerar uma variação de renda enorme por várias gerações.

Sendo assim, grande parte desses países, precisaria de uma ajuda para garantir o acesso a vacina, interromper alguns ciclos e melhorar a desigualdade para enfrentar com força o coronavírus. De acordo com relatório do FMI, o cenário desses países precisa de investimentos em saúde, educação e principalmente no fortalecimento de redes e segurança.

Leia mais: G7 apoia ajudas do FMI para países pobres devido a pandemia

O FMI

O grupo formado por alguns países, foi criado e homologado em 1966 pela ONU, depois da Segunda Guerra Mundial, com o intuito de ajudar a reconstruir. Com isso, os países que fazem parte do FMI, contribuem com uma quantia para esse fundo, que usa um sistema de quotas para ajudar membros que estão com mais problemas ou possuem maior desigualdade ou desequilíbrio econômico.

Por esse motivo, durante a pandemia várias vezes já se ouviu falar sobre usar o FMI para ajudar os países que mais estão sofrendo com a doença, e muitos ministros concordam com a ação de cooperação monetária global, para ajudar a reestabelecer a estabilidade financeira desses países, assim como ajudar com projetos para auxiliar a situação da saúde com a compra da vacinas e tratamentos contra o vírus.

No relatório o Monitor Fiscal ainda alegou que esse plano já vem sendo bastante discutido e que em breve é possível ter um respaldo sobre o que o FMI fará para ajudar e também como usará esse fundo para restaurar essa desigualdade instalada.

 
Susan Nogart
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui