24.9 C
Brasil
segunda-feira, 26 julho 2021
HomePolítica & PoderFrancieli Fantinato não é mais investigada pela CPI, entenda razões

Francieli Fantinato não é mais investigada pela CPI, entenda razões

Francieli Fantinato, ex-chefe do plano de vacinação nacional, estava sendo interrogada pela CPI nesta semana como réu, parou de ser investigada e foi convertida em testemunha após dar provas para os senadores de que o presidente Jair Bolsonaro atrapalhou o plano de vacinação. De acordo com ela, o PNI sempre soube o que deveria fazer mas não conseguia colocar nada em prática porque outros superiores estavam indo contra a maré. 

Ela, que também era acusada de omissão, após dar informações concretas e mostrar tentar ajudar em relação às investigações, saiu de sua posição de réu e passou a ser testemunha. 

Era Francieli Fantinato que estava sendo a responsável por criar um plano de vacinação da Covid-19 que chegou ao país muito tardiamente e com a compra de doses prejudicada pela lentidão. Marcelo Queiroga, ministro da Saúde, enquanto isso, continuava dando informações infladas sobre os números. 

Nesta sexta-feira (09), era o ex-governador do Rio de Janeiro, acusado de desvio de verbas, quem deveria depor. Entretanto, o calendário mudou em cima da hora e devem ouvir William Santana, do Ministério da Saúde, sobre a compra da Covaxin.  É estimado que a propina oferecida seja de US$ 1 com superfaturamento de 50%, uma das vacinas mais caras oferecidas ao governo federal. 

CPI

- Continua Depois da Publicidade -

Ferreira Dias, que foi acusado por oferecer propina para a compra da Covaxin, foi o primeiro preso após mentir sob juramento. No mesmo dia, ele pagou a fiança de um salário mínimo (R$ 1,1 mil) e foi liberado. 

Omar, presidente da CPI, argumenta que já existem provas concretas de que o presidente Bolsonaro foi omisso durante a pandemia. E, como consequência, o mesmo por ter cometido crime de responsabilidade e ter mais de 120 pedidos de impeachment, pode ficar impedido de se candidatar para as eleições no ano de 2022 na qual deveria concorrer contra o petista Luiz Inácio Lula da Silva. 

 

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui