24.9 C
Brasil
sábado, 18 setembro 2021
HomePolítica & PoderMédico citado por senador admitiu que Cloroquina não reduz morte por covid-19

Médico citado por senador admitiu que Cloroquina não reduz morte por covid-19

Voltou-se o assunto da Cloroquina dentro dos ambientes parlamentares, e dessa vez Luis Carlos Heinze, continuou defendendo o uso do medicamento Cloroquina, mesmo sem comprovação e ainda chamou pessoas que são contra o uso de genocidas. O discurso aconteceu dentro da CPI da Covid, e o Senador levantou novamente o assunto sobre os medicamentos com argumentos de citar um médico francês, chamado de Didier Raoult, que foi uma das pessoas que mais defendeu o uso da Cloroquina sem comprovação e somente usando este argumento justificou sua posição. Com tudo, em janeiro de 2021, o médico francês, revelou que o medicamento não reduzia o risco de morte pelo vírus.

Não comprovação da cloroquina

Segundo o médico francês, o uso da Cloroquina não alterou em nada o estado dos pacientes que estavam em UTIs, ou recebem oxigênio, e que o medicamento portanto não fazia diferença ser usado. Com isso e o uso de Azitromicina ou sem, também não tiveram alterações ou controle sobre os efeitos dos tratamentos em pacientes com coronavírus. Junto disso o médico também apresentou uma nova assinada para mostrar a sua opinião sobre o assunto e de sua equipe.

Leia mais: Cloroquina: o que é efeitos colaterais

Na sessão da CPI da Covid desta terça-feira (18), os depoimentos de Luis Carlos defendendo o uso da Cloroquina só mostraram ainda mais a falta de informações de parlamentares e pessoas que estão a frente do governo. O incentivo ao tratamento precoce, usado como forma de se defender e mencionando algo que já foi corrigido, deixou algumas pessoas que assistiam o depoimento um tanto confusos, ainda mais quando o senador classificou as pessoas que não o fazem como genocida. Além disso, o parlamentar também falou por mais algum tempo sobre o uso da Ivermectina e da Cloroquina e como isso tudo foi envolvido dentro dos planos do governo ao combater a pandemia.

 
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui