22.9 C
Brasil
segunda-feira, 19 abril 2021
Home Política & Poder Ministério Público pede ao TCU investigação sobre gastos do Presidente com férias

Ministério Público pede ao TCU investigação sobre gastos do Presidente com férias

Nesta segunda feira (5) o Ministério Público chegou ao TCU (Tribunal de Contas da União), para pedir por uma investigação sobre gastos que o presidente atual Jair Bolsonaro, teria realizado. De acordo com o que foi informado, o valor chega a R$ 2,4 milhões e por isso, uma investigação está sendo pedida.

Segundo o Tribunal Federal, quem pede essa investigação sobre gastos é o subprocurador geral, Dr. Lucas Rocha Furtado, que decidiu reavaliar tais gastos, principalmente com país passando pelo momento em que está. É provável que o governo sofra ainda mais críticas, já que um número como este tenha sido gasto em férias, em um dos momentos de maior crise da história.

Investigação sobre gastos assustadores

Segundo Furtado, a notícia deixou em choque muitos brasileiros, principalmente pelo número de mortes e casos enfrentados todos os dias pelo coronavírus. Além de haver várias famílias que passam por necessidades e estão desassistidas nesse momento, aguardando o pagamento do auxílio emergencial.

Leia mais: Bolsonaro gastou mais de R$ 2 milhões com férias tudo pago pelo povo

O montante que será parte da investigação sobre gastos, aconteceu dentro do recesso do ano passado em dezembro, do dia 18 que foi até o dia 5 de janeiro. O valor foi confirmado por um deputado junto da Secretaria Geral da Presidência para o Gabinete de Segurança Institucional. O deputado Elias Vaz do partido PSB de Goiás, foi quem fez o anúncio do valor e chegou os dados que foram obtidos pela Secretaria Geral.

Segundo as informações relatadas, o valor gasto nas férias do presidente, giram em torno de cerca de R$ 1 milhão com combustível de aviões junto de manutenção, além de mais de R$ 200 mil reais com seguranças e equipes de pilotos e comissários, e mais R$ 1,2 milhões gastos em um cartão corporativo. Os valores agora devem ser investigados pelo Tribunal de Contas da União e precisa ser explicado pela comissão do Presidente Bolsonaro.

 
Susan Nogart
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui