17.1 C
Brasil
terça-feira, 3 agosto 2021
HomePolítica & Poder“Não sou coveiro”, dizem internautas em ironia a Bolsonaro estar internado

“Não sou coveiro”, dizem internautas em ironia a Bolsonaro estar internado

O presidente Bolsonaro foi internado nesta quarta-feira (14) durante a madrugada. Em suma, ele estava há alguns dias com dores e soluços e havia se queixado na última terça-feira (13) para os seus seguidores no Palácio da Alvorada. Sua agenda de reuniões também teve que ser cancelada para que fizesse o acompanhamento médico necessário. 

Os usuários do Twitter relembraram os momentos em que o mesmo disse, quando havia pessoas internadas em hospital e morrendo de Covid-19, que não era coveiro. Outros se questionaram se deveriam se preocupar com ele enquanto o mesmo não está se preocupando com as mais de 500 mil mortes durante a pandemia.  Até o atual momento, apenas 42% da população foi vacinada com uma dose da vacina e, em alguns lugares no país, o processo de vacinação anda de forma mais lenta. 

- Continua Depois da Publicidade -

Bolsonaro está sendo investigado pela CPI da Covid-19 em relação a uma possível compra de vacinas da Covaxin que estavam com preço superfaturado em mais de 50%. Enquanto o governo recusou as ofertas da Pfizer, que ofereciam as doses a preço de custo, estava negociando com uma empresa chinesa que tinha o preço acima de 50% da média e estava superfaturado. Além disso, um servidor público que prestou depoimento na última sexta-feira (09), Santana, disse que haviam oferecido propina de US$ 1 para cada uma das doses que fossem vendidas. O governo junto ao Ministério da Saúde estavam negociando mais de 400 milhões de doses. 

“Bolsonaro genocida”

Já é o terceiro protesto desde o dia 29 de maio que ocorre no país pedindo pela saída do presidente Bolsonaro do cargo da presidência. Ele já conta com mais de 120 pedidos de impeachment, sendo mais de 60 deles protocolados neste ano devido à omissão durante a pandemia da Covid-19, um deles, inclusive, de religiosos que argumentaram não poderem admitir o alto número de mortes. 

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui