26.8 C
Brasil
segunda-feira, 14 junho 2021
HomePolítica & PoderNero colocou fogo em Roma? Será mesmo?

Nero colocou fogo em Roma? Será mesmo?

Será mesmo que Nero realmente colocou fogo em Roma como dizem os ditos populares? Muitos estudos atuais dizem que naquela época, os historiadores se baseiam em boatos para montar as narrativas. Então, pediram para que pessoas comuns falassem suas versões. 

A questão é que, em 64 d.C, a população de Roma estava incontente e via as coisas que Nero fazia: tentou matar a mãe, a esposa e era agressivo. Era chamado de louco. 

As casas eram feitas de madeira e eram muito próximas a si. Dessa forma, o fogo que saiu de um circo pegou toda a região durante 6 dias. A população culpou o imperador e disse que ele estava vendo o fogo em seu palácio enquanto tocava violino. 

Tácito e Nero

No entanto, Tácito, historiador romano que viveu na mesma época, afirma que o imperador estava em outra cidade e que, assim que soube do acontecimento, voltou às pressas. Tentou controlar o preço do pão, intervir na economia e construir casas para aqueles que tinham perdido tudo. Mas, isso ainda não tinha sido suficiente para contentar a população e os boatos continuaram. 

Como tentativa de fugir dos boatos, ele perseguiu quem poderia ser o culpado de ter colocado fogo no local. Tácito argumenta que foram os cristãos mas especialistas como Shaw argumentam que não foi os cristãos e que o mesmo cometeu um anacronismo ao utilizar aquele grupo que existiu em sua época para se referir ao passado. 

As teorias sobre Nero, fogo de Roma e ataque aos cristãos são as mais variadas. Entretanto, os historiadores lutam para que consigam obter as devidas respostas através das fontes históricas. 

Leia mais:

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui