25.1 C
Brasil
terça-feira, 27 julho 2021
HomePolítica & PoderNovo comandante é visto no exército para dar continuidade a gestão Pujol

Novo comandante é visto no exército para dar continuidade a gestão Pujol

A escolha no novo comandante do exército Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, aconteceu nesta quarta (31), para dar continuidade a gestão das forças armadas de Edson Pujol que saiu na última terça (30). De acordo com as informações, o novo comandante deve assumir o Exército, a Aeronáutica e a Marinha, pelo Ministro da Defesa atualmente, Braga Netto.

O nome do general Oliveira surgiu como novo comandante em uma reunião privada e foi comemorada pelos demais representantes do exército. A aposta no general deve blindar, qualquer tipo de engajamento político, preservando a politização dos quartéis que já era a postura antiga de Pujol.

O comandante foi entrevistado no último fim de semana (28), e afirmou que o exército está preparado para uma possível terceira onda do coronavírus, com a intenção de diminuir a mortalidade da sociedade, para ajudar a seguir as recomendações do Ministério da Saúde e da Ciência.

Leia mais:Comandantes das três forças armadas saem do cargo após trocas de Bolsonaro

Decisão de incluir um novo comandante nas forças armadas

- Continua Depois da Publicidade -

A decisão para incluir um novo comandante se deu do próprio Ministro da Defesa que pediu demissão, o Fernando Azevedo Silva, que alegou se distanciar do presidente e da cúpula e com isso, não fazia mais sentido, continuar atuando junto do governo.

O episódio mostrou que houveram várias tentativas de politicar os quarteis por parte do presidente, que foi freado diversas vezes. E mesmo tentando fazer isso, o novo comandante já deixou claro que não deixará isso acontecer, nem na Marinha, nem na Aeronáutica e nem do Exército.

Além disso, a mudança do comandante foi antecipada para a entrega coletiva de cargos das Forças Armadas. Que vinha com a tentativa de evitar um enfraquecimento, e ainda assim manter a autoridade preservada de alguma forma. O presidente alegou que tenta forçar um alinhamento político junto das Forças Armadas, mas que o episódio da demissão e o novo comandante permanecem com seu papel constitucional.

 
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui