26.8 C
Brasil
segunda-feira, 14 junho 2021
HomePolítica & PoderTrabalho e os movimentos políticos e sociais: A classe média no espelho

Trabalho e os movimentos políticos e sociais: A classe média no espelho

O trabalho começou a visar o lucro depois que as pessoas começaram a seguir o protestantismo. Então, as funções começaram ser repetitivas e mais tarde foram criticadas pelo romantismo. 

Os românticos argumentam era necessário pensar na dignidade e foi assim que as empresas na década de 60, começaram a fazer o uso do empreendedorismo e da criatividade.

Depois disso, o trabalhador via outras formas de ser escravizado e não era mais visto como trabalhador e sim como um colaborador da empresa. Então, usa o nome de empreendedorismo para perder suas horas livres de descanso e não saber mais separar os horários: agora, fica o tempo inteiro com o celular na mão.  

A definição de felicidade também mudou com o romantismo visto que as mulheres agora tinham que serem conquistadas, antes disso, eram forçadas e ficar com alguém na literatura. Jessé argumenta que se o homem discordasse da esposa, poderia lhe bater e ser rude, mas que no romantismo do século XVIII isso passou a ser criticado.  

Max Weber e o trabalho

Max Weber argumenta que, atualmente, o homem busca por conhecimento do seu mundo de trabalho. Sabe tudo sobre ele mas não sabe sobre o mundo e a sociedade ao seu redor, não sabe o que influencia seus pensamentos e o que determina sua realidade. 

 E, para os grandes capitalistas isso é positivo visto que o “colaborador” sempre está disposto a trabalhar e a se profissionalizar. Os investimentos em áreas da educação que favorecem o olhar para a sociedade estão cada vez menores.  

A dominação ocorre baseada na mentira e no engano. Os proprietários de terras e empresários não podem simplesmente dizer quais são as intenções que possuem: de tirar o máximo de lucro pagando pouco. Pelo contrário, fazem com que o funcionário se sinta como parte da empresa, um colaborador.  

 

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui